Links Patrocinados

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Fantástico! A capacidade que o ser humano adulto tem para complicar uma resposta.
E mais, a criança estava referindo-se a virgindade porém não a sexual.
Esta mensagem serve para todos nós, para em primeiro lugar conceituarmos do que estamos a falar. video

Workshop de Desenvolvimento Pessoal

Vocês vão adorar este workshop. A Eveline e a Maíra são uma doçura e tem muito jeito para lidar com o ser humano. A Carla Gomes eu nõ conheço pessoalmente, mas com certeza também é um doce e por isto faz equipa com elas.

O Ser, o Saber e o Sorrir
– Passos para o optimismo –
Objectivos:
•Auxiliar quem nos procure na busca do seu crescimento pessoal e social;
•Contribuir para o desenvolvimento de uma atitude reflexiva, activa e crítica da realidade;
•Procurar a integração dos vários domínios do saber;
•Orientar competências e educar emoções.

Data: 21 de Fevereiro de 2010 (Chaves)
28 de Fevereiro de 2010 (Porto)

Programação:

9.00 – 9.30: Recepção e entrega de material

9.30 – 10.30: O ser integral
As dimensões do ser – saúde global

10.30 – 11.15: O Ser
A importância do autoconhecimento para uma atitude optimista

11.15 – 11.30: Intervalo

11.30 – 12.30: O Saber
Optimismo Vs Pessimismo
Por que ser Optimista?

12.30 – 14.00: Almoço

14.00 – 15.30: Por que ser optimista? (continuação)
O corpo fala – reacções orgânicas diante do Optimismo e Pessimismo
As emoções
Competência Social

15.30 – 15.45: Intervalo

15.45 – 18.00: O Sorrir
Estratégias para o seu bem-estar
Terapia do riso: saber sorrir

Contactos: www.saberesorrir.com / info@saberesorrir.com
913 463 901 / 967 302 010 / 966 189 415

Racismo e Inteligência Emocional

Este vídeo me lembrou de algumas situações que poderiam ser evitadas se as pessoas começassem a usar a matemática emocional e DIVIDISSEM o seu tempo para conhecer mais sobre tudo que eles discriminam e assim poderiam REDUZIR a necessidade de discriminar o diferente, AUMENTAVAM a aceitação do outro, o que significava SOMAR aos que já ganharam a consciência do direito de igualdade e oportunidade e portanto estaríamos a MULTIPLICAR a corrente neste nosso mundo globalizado, dando sentido a frase de Bob Marley "enquanto a cor da pele for mais importante que o brilho do olhar, sempre haverá guerra".

Assim este vídeo, é muito interessante!!! e reflictam


Também saboreio esta música do Gabriel Pensador e por isto partilho com vocês.

Salve, meus irmãos africanos e lusitanos, do outro lado do oceano
"O Atlântico é pequeno pra nos separar, porque o sangue é mais forte que a água do mar"
Racismo, preconceito e discriminação em geral;
É uma burrice coletiva sem explicação
Afinal, que justificativa você me dá para um povo que precisa de união
Mas demonstra claramente
Infelizmente
Preconceitos mil
De naturezas diferentes
Mostrando que essa gente
Essa gente do Brasil é muito burra
E não enxerga um palmo à sua frente
Porque se fosse inteligente esse povo já teria agido de forma mais consciente
Eliminando da mente todo o preconceito
E não agindo com a burrice estampada no peito
A "elite" que devia dar um bom exemplo
É a primeira a demonstrar esse tipo de sentimento
Num complexo de superioridade infantil
Ou justificando um sistema de relação servil
E o povão vai como um bundão na onda do racismo e da discriminação
Não tem a união e não vê a solução da questão
Que por incrível que pareça está em nossas mãos
Só precisamos de uma reformulação geral
Uma espécie de lavagem cerebral

Racismo é burrice

Não seja um imbecil
Não seja um ignorante
Não se importe com a origem ou a cor do seu semelhante
O quê que importa se ele é nordestino e você não?
O quê que importa se ele é preto e você é branco
Aliás, branco no Brasil é difícil, porque no Brasil somos todos mestiços
Se você discorda, então olhe para trás
Olhe a nossa história
Os nossos ancestrais
O Brasil colonial não era igual a Portugal
A raiz do meu país era multirracial
Tinha índio, branco, amarelo, preto
Nascemos da mistura, então por que o preconceito?
Barrigas cresceram
O tempo passou
Nasceram os brasileiros, cada um com a sua cor
Uns com a pele clara, outros mais escura
Mas todos viemos da mesma mistura
Então presta atenção nessa sua babaquice
Pois como eu já disse racismo é burrice
Dê a ignorância um ponto final:
Faça uma lavagem cerebral

Racismo é burrice

Negro e nordestino constróem seu chão
Trabalhador da construção civil conhecido como peão
No Brasil, o mesmo negro que constrói o seu apartamento ou o que lava o chão de uma delegacia
É revistado e humilhado por um guarda nojento
Que ainda recebe o salário e o pão de cada dia graças ao negro, ao nordestino e a todos nós
Pagamos homens que pensam que ser humilhado não dói
O preconceito é uma coisa sem sentido
Tire a burrice do peito e me dê ouvidos
Me responda se você discriminaria
O Juiz Lalau ou o PC Farias
Não, você não faria isso não
Você aprendeu que preto é ladrão
Muitos negros roubam, mas muitos são roubados
E cuidado com esse branco aí parado do seu lado
Porque se ele passa fome
Sabe como é:
Ele rouba e mata um homem
Seja você ou seja o Pelé
Você e o Pelé morreriam igual
Então que morra o preconceito e viva a união racial
Quero ver essa música você aprender e fazer
A lavagem cerebral

Racismo é burrice

O racismo é burrice mas o mais burro não é o racista
É o que pensa que o racismo não existe
O pior cego é o que não quer ver
E o racismo está dentro de você
Porque o racista na verdade é um tremendo babaca
Que assimila os preconceitos porque tem cabeça fraca
E desde sempre não pára pra pensar
Nos conceitos que a sociedade insiste em lhe ensinar
E de pai pra filho o racismo passa
Em forma de piadas que teriam bem mais graça
Se não fossem o retrato da nossa ignorância
Transmitindo a discriminação desde a infância
E o que as crianças aprendem brincando
É nada mais nada menos do que a estupidez se propagando
Nenhum tipo de racismo - eu digo nenhum tipo de racismo - se justifica
Ninguém explica
Precisamos da lavagem cerebral pra acabar com esse lixo que é uma herança cultural
Todo mundo que é racista não sabe a razão
Então eu digo meu irmão
Seja do povão ou da "elite"
Não participe
Pois como eu já disse racismo é burrice
Como eu já disse racismo é burrice

Racismo é burrice

E se você é mais um burro, não me leve a mal
É hora de fazer uma lavagem cerebral
Mas isso é compromisso seu
Eu nem vou me meter
Quem vai lavar a sua mente não sou eu
É você. video

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Citador

Por indicação do amigo Domingos Gonçalves, fica aqui um site interessante:

http://www.citador.pt/

Portugal de A a Z

Este é o trabalho genial de uns miúdos da Universidade do Porto. *Explorem
bem cada página, clicando em tudo.* *Não se limitem a ler, há surpresas de
todo o tipo, porque quase tudo tem animação! Algumas coisas podem demorar um
bocadinho a carregar, mas vale a pena a espera. O Portuga l de A-Z:
*
http://eos.fe.up.pt/exlibris/dtl/d3_1/apache_media/web/7640/index.html

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Pudim - Martha Medeiros

PUDIM - Martha Medeiros
Não há nada que me deixe mais frustrada do que pedir Pudim de sobremesa, contar os minutos até ele chegar e aí ver o garçom colocar na minha frente um pedacinho minúsculo do meu pudim preferido. Um só.

Quanto mais sofisticado o restaurante, menor a porção da sobremesa.
Aí a vontade que dá é de passar numa loja de conveniência, comprar um pudim bem cremoso e saborear em casa com direito a repetir quantas vezes a gente quiser, sem pensar em calorias, boas maneiras ou moderação.

O PUDIM é só um exemplo do que tem sido nosso cotidiano.

A vida anda cheia de meias porções, de prazeres meia-boca, de aventuras pela metade.
A gente sai pra jantar, mas come pouco.

Vai à festa de casamento, mas resiste aos bombons.

Conquista a chamada liberdade sexual, mas tem que fingir que é difícil (a imensa maioria das mulheres continua com pavor de ser rotulada de 'fácil').

Adora tomar um banho demorado, mas se contém pra não desperdiçar os recursos do planeta.

Quer beijar aquele cara 20 anos mais novo, mas tem medo de fazer papel ridículo.

Tem vontade de ficar em casa vendo um DVD, esparramada no sofá, mas se obriga a ir malhar. E por aí vai.

Tantos deveres, tanta preocupação em 'acertar', tanto empenho em passar na vida sem pegar recuperação...

Aí a vida vai ficando sem tempero, politicamente correta e existencialmente sem-graça, enquanto a gente vai ficando melancolicamente sem tesão...

Às vezes dá vontade de fazer tudo 'errado'..

Deixar de lado a régua, o compasso, a bússola, a balança e os 10 mandamentos.

Ser ridícula, inadequada, incoerente e não estar nem aí pro que dizem e o que pensam a nosso respeito. Recusar prazeres incompletos e meias porções.

Até Santo Agostinho, que foi santo, uma vez se rebelou e disse uma frase mais ou menos assim: 'Deus, dai-me continência e castidade, mas não agora'...

Nós, que não aspiramos à santidade e estamos aqui de passagem, podemos (devemos?) desejar vários pedaços de pudim, bombons de muitos sabores, vários beijos bem dados, a água batendo sem pressa no corpo, o coração saciado.

Um dia a gente cria juízo. Um dia. Não tem que ser agora.

Por isso, garçom, por favor, me traga: um pudim inteiro, um sofá pra eu ver 10 episódios do 'Law and Order', uma caixa de trufas bem macias e o Richard Gere, nu, embrulhado pra
presente. OK? Não necessariamente nessa ordem.

Depois a gente vê como é que faz pra consertar o estrago.

Visit on-line a Madeira

Vale a pena!!! Este site está muito lindo, actual e bem apresentado. USEM AS SETAS OU O RATO PARA PASSEAR PELA MADEIRA.

http://www.visitmadeira.pt/

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Imaginem - Mário Crespo

Imaginem
00h30m
Imaginem que todos os gestores públicos das setenta e sete empresas do Estado decidiam voluntariamente baixar os seus vencimentos e prémios em dez por cento. Imaginem que decidiam fazer isso independentemente dos resultados. Se os resultados fossem bons as reduções contribuíam para a produtividade. Se fossem maus ajudavam em muito na recuperação.
Imaginem que os gestores públicos optavam por carros dez por cento mais baratos e que reduziam as suas dotações de combustível em dez por cento.
Imaginem que as suas despesas de representação diminuíam dez por cento também. Que retiravam dez por cento ao que debitam regularmente nos cartões de crédito das empresas. Imaginem ainda que os carros pagos pelo Estado para funções do Estado tinham ESTADO escrito na porta. Imaginem que só eram usados em funções do Estado.
Imaginem que dispensavam dez por cento dos assessores e consultores e passavam a utilizar a prata da casa para o serviço público. Imaginem que gastavam dez por cento menos em pacotes de rescisão para quem trabalha e não se quer reformar. Imaginem que os gestores públicos do passado, que são os pensionistas milionários do presente, se inspiravam nisto e aceitavam uma redução de dez por cento nas suas pensões. Em todas as suas pensões. Eles acumulam várias. Não era nada de muito dramático. Ainda ficavam, todos, muito acima dos mil contos por mês.
Imaginem que o faziam, por ética ou por vergonha. Imaginem que o faziam por consciência. Imaginem o efeito que isto teria no défice das contas públicas. Imaginem os postos de trabalho que se mantinham e os que se criavam. Imaginem os lugares a aumentar nas faculdades, nas escolas, nas creches e nos lares. Imaginem este dinheiro a ser usado em tribunais para reduzir dez por cento o tempo de espera por uma sentença. Ou no posto de saúde para esperarmos menos dez por cento do tempo por uma consulta ou por uma operação às cataratas.
Imaginem remédios dez por cento mais baratos.
Imaginem dentistas incluídos no serviço nacional de saúde. Imaginem a segurança que os municípios podiam comprar com esses dinheiros. Imaginem uma Polícia dez por cento mais bem paga, dez por cento mais bem equipada e mais motivada. Imaginem as pensões que se podiam actualizar. Imaginem todo esse dinheiro bem gerido. Imaginem IRC, IRS e IVA a descerem dez por cento também e a economia a soltar-se à velocidade de mais dez por cento em fábricas, lojas, ateliers, teatros, cinemas, estúdios, cafés, restaurantes e jardins.
Imaginem que o inédito acto de gestão de Fernando Pinto, da TAP, de baixar dez por cento as remunerações do seu Conselho de Administração nesta altura de crise na TAP, no país e no Mundo é seguido pelas outras setenta e sete empresas públicas em Portugal. Imaginem que a histórica decisão de Fernando Pinto de reduzir em dez por cento os prémios de gestão, independentemente dos resultados serem bons ou maus, é seguida pelas outras empresas públicas.
Imaginem que é seguida por aquelas que distribuem prémios quando dão prejuízo.
Imaginem que país podíamos ser se o fizéssemos.
Imaginem que país seremos se não o fizermos.

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Farmácia de Serviço

Como funciona o serviço FARMÁCIAS DE SERVIÇO?

1. Envie um SMS para o número 68632 com o seguinte texto:

FARMÁCIA [espaço] [4 primeiros dígitos do CÓDIGO POSTAL]

Exemplo: Farmácia 1249

2. Recebe de imediato um SMS com os contactos da Farmácia de Serviço da sua localidade.

3. Memorize o número 68632 no seu telemóvel para futuras utilizações.

4. Divulgue este e-mail junto dos seus contactos favoritos.

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Feche os olhos e ouça...apenas ouça

video

Feche os olhos, esqueça o resto e ouça o som e imagine o que a natureza está oferecendo para você neste momento.

domingo, 10 de janeiro de 2010

A experiência na vida ajuda a ganhar humildade

Um dia um homem recebeu a notícia de que acabara de ser nomeado mandarim.

Ficou tão eufórico que quase não se conteve.

- Serei um grande homem agora – disse a um amigo. – Preciso de roupas novas imediatamente, roupas que façam jus à minha nova posição na vida.

- Conheço o alfaiate perfeito para você – replicou o amigo. – É um velho sábio que sabe dar a cada cliente o corte perfeito. Vou lhe dar o endereço.

E o novo mandarim foi ao alfaiate, que cuidadosamente tirou suas medidas. Depois de guardar a fita métrica, o homem disse:

- Há mais uma informação que preciso Ter. Há quanto tempo o senhor é mandarim?
mandarim

- Ora, o que isso tem a ver com a medida do meu manto? perguntou o cliente surpreso.

- Não posso fazê-lo sem obter essa informação, senhor. É que mandarim recém-nomeado fica tão deslumbrado com o cargo que mantém a cabeça altiva, ergue o nariz e estufa o peito. Assim sendo, tenho que fazer a parte da frente maior que a parte de trás. Anos mais tarde, quando está ocupado com seu trabalho e os transtornos advindos da experiência o tornam sensato, e ele olha adiante para ver o que vem em sua direção e o que precisa ser feito a seguir, aí então eu costuro o manto de modo que a parte da frente e a de trás tenham o mesmo comprimento.

E mais tarde, depois que seu corpo está curvado pela idade e pelos anos de trabalho cansativo, sem mencionar a humildade adquirida através de uma vida de esforços, então faço o manto de forma que as costas fiquem mais longas que a frente.

“Portanto, tenho que saber há quanto tempo o senhor está no cargo para que a roupa lhe assente apropriadamente.”

O novo mandarim saiu da loja pensando menos no manto e mais no motivo que levara seu amigo a mandá-lo procurar exatamente aquele alfaiate.

Do livro: O Livro das Virtudes II – O Compasso Moral (pág. 650/651)

William J. Bennett

Editora Nova Fronteira

sábado, 9 de janeiro de 2010

Adeco - Estágios

A Adecco, Líder Mundial na área dos Recursos Humanos, selecciona: Estagiários (M/F) – Part-Time / Full-Time

Área de Recrutamento e Selecção e Gestão Administrativa de Recursos Humanos

Requisitos: Finalistas e/ou Recém-licenciados em Gestão de Recursos Humanos, Psicologia/Sociologia do Trabalho e das Organizações e áreas afins.
Envie a sua candidatura para:
Lisboa: anabela.julio@adecco.com
sofia.fernandes@adecco.com
maria.melo@adecco.com
Setúbal: vanessa.canteiro@adecco.com
Seixal / Palmela: sandra.marranita@adecco.com
Linda a Velha: ana.dias@adecco.com
Faro: ana.tenente@adecco.com
Cacém: susana.correia@adecco.com

Consulte o site www.adecco.pt

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Estágio Vodafone

“A Vodafone procura Recém-Licenciados nas áreas de Economia e Gestão para integração no “Vodafone Graduates Programme”. Este programa de estágio terá início em Janeiro e a duração de 12 meses, com o objectivo de fomentar uma maior aproximação à vida profissional proporcionando uma oportunidade de aquisição de competências num sector de actividade com elevado dinamismo e inovação.
Requisitos:
- Licenciados nas áreas de Economia ou Gestão;
- Ambiciosos e capazes de aceitarem desafios;
- Com espírito crítico, iniciativa e capacidade analítica;
- Com boa capacidade de comunicação (oral e escrita);
- Com bons conhecimentos informáticos na óptica do utilizador (MSOffice);
- Fluência na língua inglesa.
Condições:
- Desenvolvimento pessoal e profissional na Vodafone durante 12 meses;
- Ambiciosos e capazes de aceitarem desafios;
- Contacto directo com o mercado das telecomunicações;
- Bolsa de Estágio.
As candidaturas deverão enviadas para estagios@vodafone.com com a Ref.: GE/12. Caso não seja contactado, o CV será integrado na base de dados da Vodafone.”

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Serviços de formatação

Um serviço para quem precisa gerir o seu tempo ou até mesmo para aqueles que preferem distância da máquina, porém precisam de trabalhos formatados.
Uma amiga criou o http://formatatudo.criar.net/

Onde estão listados os serviços que ela realiza. O preço será negociável de acordo com quantidades.
O email de contacto para interessados é: formata.tudo@gmail.com e o nome da prestadora do serviço é "Mariana Formata Tudo".

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Morte no funeral - mensagem sobre famílias disfuncionais

Ri muito com o filme. É mesmo uma comédia, porém por trás de tanta diversão há uma mensagem muito importante sobre famílias, seu funcionamento, seus segredos e a aceitação deles.

Uma família desajustada é unida para o enterro do patriarca. Quando um homem misterioso aparece e ameaça chantagear a família com um embaraçoso e obscuro segredo do falecido, seus dois filhos, Daniel (Matthew Macfadyen) e Robert (Rupert Graves), tentam de tudo para não deixar que os presentes descubram.

País de Origem: Alemanha / Inglaterra / EUA
Tempo de Duração: 90 minutos lançado em 2007
Site Oficial: http://www.deathatafuneral-themovie.com
Estúdio/Distrib.: Paris Filmes



Esta versão é um pouco mais divertido por causa dos actores. Vejam

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

"Um ano dourado 2010"

Recebi de mais de 60 pessoas e deixo aqui para vc um Mantra especial deste novo ano:

"Um ano dourado 2010" Janela aberta para a felicidade 2010" (repita muitas vezes)

Reciclagem de tecidos - opções para prendas

Se aprecias as manualidades e andavas mesmo à procura de um saco para o pão (por exemplo), visita-me aqui e faz a tua encomenda! Escolhe as cores que eu trato do resto. Peças únicas feitas através da reutilização de tecidos...

http://trapostraposeremendos.blogspot.com/


Há como aproveitar tudo neste nosso planeta, vamos também aproveitar tecidos. Vamos ser criativos.
um abraceijo, ANgela

sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

Tempo emocional - aumentar a contagem em 2010

Bom dia, boa semana, bom mês, bom ano...bom tudo!

Hoje é o 1º dia de mais um ano novo, de mais um recomeçar a contagem e, por isto mesmo é mais uma nova oportunidade que nós nos damos para aumemtar contagem emocional positiva.

deixo uma mensagem para este 1º dia, que será útil para todos os outros dias deste novo ano.
um abraceijo, Angela Escada

Canta canta minha gente que a vida vai melhorar

Mensagem para o dia 1 de Janeiro de 2010.
Um ano especial que começamos com 20 obstáculos e conseguimos ficar logo com a metade apenas, isto é, 10. 2010...risos

Canta canta, minha gente (1974) Música e letra de Martinho da Vila.


Canta, canta minha gente
Deixa a tristeza pra lá
Canta forte, canta alto
Que a vida vai melhorar

Um ano todo novo

Recebi da Regina Cascão.
É uma trabalho feito por Meire Michelin
UMA PRECE PARA UM ANO REALMENTE NOVO !

Senhor Nosso Deus, faz nascer novamente no coração de cada um de nós...
A INOCÊNCIA para sabermos ser transparentes,
O CARINHO para cativarmos novos amigos,
A CONFIANÇA MÚTUA para consolidarmos os pactos em construção,
A GRATIDÃO para valorizarmos a vida em plenitude,
O PERDÃO para reconciliarmo-nos no amor,
A COMPREENSÃO para sabermos perdoar 70 X 7 vezes,
A SIMPATIA para atrairmos só energias positivas,
O ENCANTAMENTO para apaixonarmo-nos pela busca de felicidade,
A SABEDORIA para respeitarmos os pontos de vista do outro,
A VERDADE para encontrarmos os caminhos corretos,
A SOLIDARIEDADE para aprendermos juntos a construir caminhos,
A FÉ para acreditarmos também no outro
A ESPERANÇA para preservarmos na direção do transcendente,
A PAZ para ajudarmos a construir sempre,
A CORAGEM para sabermos retomar nossos sonhos,
A DETERMINAÇÃO para promovermos a justiça,
A VONTADE DE AMAR para sermos juntos... felizes!

Se há tanta PAZ - Luna Fernandes

Gostei muito e quero partilhar convosco.
SE HÁ TANTA PAZ
(Luna Fernandes)

Se há tanta paz no azul que o céu abriga,
E há tanto azul que tanto bem nos faz,
Se há tanto azul e há tanto céu, me diga
Por que é que o homem não encontra paz?

Se há tanta paz no verde-mar da onda
Que faz-se verde e em branco se desfaz,
Se há tanta onda pelo mar, responda:
Por que é que o homem não encontra paz?

Se há tanta paz no odor das multicores
Flores: orquídeas, rosas, manacás ...
Se há tanta paz em flor e há tantas flores,
Por que é que o homem não encontra paz?

Se há tanta paz nos cânticos suaves
Que entoam na alvorada os sabiás,
Se há paz num canto de ave e há tantas aves,
Por que é que o homem não encontra paz?

Se há tanta paz na brisa que desliza
Sobre as folhagens, tímida e fugaz;
Se há tanta paz na brisa e há tanta brisa,
Por que é que o homem não encontra paz?

Se há tanta paz nas expressões tão mansas
Que ao vir ao mundo uma criança traz,
E cada dia existem mais crianças,
Por que é que o homem não encontra paz?

Se há tanta paz nos corações com fé
Que atrai o bem e afasta as coisas más,
Então oremos JUNTOS e de pé,
Para que o homem um dia encontre a PAZ !