Links Patrocinados

segunda-feira, 31 de dezembro de 2007

Último dia de 2007 e a nossa caderneta

Último dia de 2007! Que maravilha!
É comum a TV mostrar a retrospectiva mundial. Vamos também fazer a nossa? Simmmmm... tudo que vivemos em 2007, que gostamos muito, que só de pensar nós conseguimos re-sentir aquela mesma sensação gostosa....hummm...há momentos inesquecíveis, sim há, com certeza! Nós devemos identificar na hora em que as coisas boas nos acontecem, devemos dar um significado místico e guardar em nós aquela magia com o significado de um momento maravilhoso.

Conheço uma metáfora que é 5 estrelas para o dia de hoje, para nos ajudar a fazer a retrospectiva.

Um homem, empreendedor, empresário, muito trabalhador. Completava 50 anos, foi ao médico e queixou-se de cansaço, stress e queria voltar a ser como sempre foi. O médico disse-lhe que ele devia fazer uma pausa, tirar umas férias que até podiam ser curtas, fazer actividades físicas, alimentação saudável, tempo para si e para os outros, tempo para aproveitar a vida.

Imaginem! O homem reagiu. Eu? Parar? Férias? não posso parar, a minha empresa depende de mim. há muitos projectos em andamento.

O médico insistiu. Pare apenas por 3 dias agora. Depois vá organizando a sua agenda de forma a conseguir fazer outras pausas e verá que a sua saúde física e emocional vão ganhar muito com este novo hábito.

O homem concordou. No 1º dia decidiu fazer uma caminhada de 1 hora. Com passos lentos, olhando tudo a sua volta. Afinal, parecia tudo novo para ele. Admirou-se com uma área verde, muito verde, muito bem tratada que ele via à sua direita e resolveu caminhar até lá.

Ficou surpreso. Chegou perto e viu pedras brancas, grandes...lia-se: 16 anos, 3 meses, 1 semana. Outra pedra branca: 18 anos, 6 meses, 2 dias... Ui... eram lápides! Ficou curioso e foi a procura do responsável pelo local. E, perguntou: Essas pessoas morreram assim tão jovens? O que se passou aqui?

Um rapaz muito simpático, sereno, com expressões suaves e com voz muito meiga explicou ao nosso homem o que se passava ali.

Naquela aldeia, quando os filhos completavam o 1º aniversário, os pais ofereciam uma caderneta onde eram registados todos os momentos bons vividos pelo filho. Surpresas, alegrias, desejos realizados, sentimentos positivos desfrutados...tudo de positivo vivido pelo filho. Quando o filho aprendia a utiliza correctamente a caderneta, os pais a entregavam para o filho, que continuava com esse trabalho muito interessante.

Quando esse filho, muito mais tarde, já avô, com uma vida muito vivida, muito preenchida, vinha a falecer pelas leis naturais da vida, contabilizava-se todos os registos positivos que estavam na caderneta e essa soma desses momentos positivos eram colocadas na lápide. Lindo!!!

Quanto tempo já temos na nossa caderneta?
Convido vocês a fazer esta contagem hoje. Vocês vão gostar muito do resultado.
Um abraceijo
Angela

domingo, 30 de dezembro de 2007

em 2008 você tem um dia extra...Aproveite-o!!!

O ano bissexto serve para sincronizar o ano-calendário com o ano solar…e você pode reservar esse dia extra para você…para a sua família… para reflexão… há tanta coisa que deixamos de fazer por falta de tempo. Concorda? Então? Agora temos 1 dia extra que pode ser todo nosso. O que você pensa fazer com este dia extra?

Ano bissexto é aquele que possui um dia a mais do que os convencionais 365 dias. Um dia a mais para nós desfrutarmos das coisas boas da vida. No calendário gregoriano, o dia extra é incluído a cada 4 anos, sendo adicionado no mês de Fevereiro, que passa a ter 29 dias.

O ano bissexto ocorre pelo facto de que o ano-calendário convencional possui uma pequena diferença em relação ao ano solar. Enquanto no primeiro o ano dura 365 dias para se completar, no segundo dura 365,25 dias.

Esses 0,25 correspondem a ¼ de um dia. Portanto, a cada 4 anos, existe a diferença de um dia em relação ao calendário convencional e solar. Esse dia é justamente o que caracteriza o ano bissexto.

O ano bissexto passou a ser adoptado em 238 a.C. no Egipto, por Ptolomeu III (246-222 a.C.). Surgiu a necessidade de sincronizar os dias do ano pelo facto de que qualquer discrepância afectava a agricultura, a base da economia dos povos antigos.

Tudo que nós é dado, nós ficamos maravilhados, portanto, fiquemos maravilhados com esta prenda de 1 dia extra e vamos saboreá-la profundamente.

Imagine que você recebeu um livro com 366 páginas.
Hoje as suas páginas estão em branco.
Somos nós que vamos preencher cada página em cada dia do novo ano. Com cor, a cor que desejarmos. Com emoção, pouca ou muita, expressa ou guardada dentro de nós. Com paz, nossa paz interior. Com automotivação, coragem, confiança, vontade de fazer acontecer…e muito mais!
O livro tem o nome de cada um de nós e o seu primeiro capítulo é o Dia 1 de Janeiro de 2008.

Esta mensagem é extensiva a toda a sua família e pessoas que gostam de si, que convivem consigo.
Angela, Ricardo e Raphael

sábado, 29 de dezembro de 2007

Natal mágico

http://www.natalmagico.com/
crie cartões e ajude as instituições que apoiam pessoas que precisam de nós.

Um ano novo de verdade

Para um ano novo ser um ano novo de verdade, depende de nós. Devemos iniciar o ano novo com novos hábitos, novas estratégias de acção, novos objectivos, nova determinação, nova imaginação, nova...nova...sempre nova.

Deixo aqui para vocês uma mensagem para 2008.
Um abraceijo carinhoso, Angela Escada

Ano Novo

"Para sonhar um ano novo que mereça este nome, você, meu caro, tem de merecê-lo, tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil, mas tente, experimente, consciente. É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre." (Carlos Drummond de Andrade)

quarta-feira, 26 de dezembro de 2007

Goste de si...Cuide de si

Recebi esta publicidade alertando para os riscos da SIDA. É muito bonita, no entanto eu aproveito para lembrar que há outros riscos para além da SIDA, como por exemplo o HPV.
Assista e reflicta:
http://www.lepoison.com/sidaction/
Goste de si, cuide de si e cuide da pessoa que neste momento partilha do seu sentimento através do seu corpo e assim entra em contacto directo com a sua saúde.

terça-feira, 25 de dezembro de 2007

Cientistas identificam área do cérebro que estimula gosto pelo novo

Cientistas britânicos identificaram uma área do cérebro que encoraja o ser humano a optar pela novidade e pelo desconhecido.

Segundo o estudo, realizado na University College, em Londres, a opção pelo desconhecido desperta a atividade na região do estriado ventral, localizada na área primitiva do cérebro.

Essa região está relacionada com o processamento de recompensas e sua atividade provoca a liberação de dopamina – o que poderia, segundo os cientistas, explicar o "gosto pelo desconhecido".

A pesquisa, publicada na revista científica Neuron, sugere ainda que a existência desse mecanismo de recompensas em uma área primitiva do cérebro pode ter contribuído na evolução e sobrevivência da espécie humana, que "ousou" experimentar o novo.

"Buscar experiências novas e pouco familiares é uma tendência de comportamento em humanos e alguns animais. Faz sentido experimentar novas opções pois elas podem ser mais vantajosas a longo prazo", explica Bianca Wittmann, que liderou o estudo.

"Por exemplo, um macaco que escolhe escapar da dieta à base de bananas, mesmo que isso signifique entrar em uma área nova da floresta ou comer um tipo novo de comida, pode enriquecer sua alimentação e deixá-la mais nutritiva", disse Wittmann.

Atividade

Para realizar o estudo, os cientistas trabalharam com voluntários e os deixaram familiarizados com um grupo de imagens e a cada uma estava atribuída uma recompensa.

Ao longo da pesquisa, os participantes já sabiam quais eram as imagens que iriam trazer mais recompensas. No entanto, cada vez que os cientistas mostravam uma imagem nova, os voluntários apresentaram uma tendência em escolher a imagem desconhecida, ao invés das já familiares.

Para analisar o fluxo de sangue no cérebro e identificar a área de maior atividade no momento da escolha pelo desconhecido, os cientistas fizeram exames de ressonância magnética nos voluntários e descobriram a atividade do estriado ventral.

'Perigos'

Apesar de destacar que experimentar o novo pode trazer benefícios e vantagens a longo prazo, a pesquisa destaca que o mesmo mecanismo torna o ser humano mais vulnerável à exploração alheia - como, por exemplo, da indústria da publicidade ou de estratégias de marketing.

"Posso ter uma barra de chocolates preferida, mas se eu vejo uma barra diferente que recebeu uma nova embalagem que promove o 'seu sabor novo e aperfeiçoado', minha busca pela novidade pode fazer com que eu me distancie da minha escolha tradicional", explicou Wittmann.

Já para o professor Nathaniel Daw, que participou da pesquisa, a ação de 'recompensa' do cérebro para opções novas e desconhecidas pode ter efeitos colaterais ainda mais sérios.

"Nos humanos, a intensa busca pela novidade pode ter um papel decisivo no gosto pela jogatina e vícios em drogas – dois comportamentos mediados por problemas na liberação de dopamina", disse.

O professor Seth Grant, da Universidade de Cambridge, na Inglaterra, afirmou que a habilidade para reconhecer as novidades seria anterior à evolução do estriado ventral, já que a mesma capacidade já havia sido verificada nos invertebrados, que não possuem essa estrutura cerebral.

No entanto, ele afirmou que é provável que o estriado tenha ajudado as espécies mais sofisticadas, como o homem, a refinar essa habilidade.
Fonte: BBC

Chantagem Infantil

Relatos muito comuns de alguns pais: Meu filho de 8 anos só termina o TPC com a promessa de que ganhará uma prenda. Anabela, de 4 anos, só come a sopa porque a mãe coloca sobre a mesa um pedaço delicioso de chocolate, que será a sua recompensa. Com 6 anos apenas, Carolina argumenta que só vai arrumar o quarto se a mãe deixar dormir na casa da amiga.
Uma coisa é negociar… outra coisa é chantagiar.

Bom, como ninguém nasce ensinado, temos aqui um pequeno detalhe: Os pais sem se darem conta, andaram a ensinar o que não deviam. O primeiro passo para resolver a chantagem dos filhos é fazer uma auto-análise dos pais. Perguntas importantes a serem feitas para si próprio:
1- Como eu lido, adulto, com os limites?
2- Quando eu não consigo dizer NÃO ao meu filho, é porque tenho marcas da infância quando eu recebia um NÃO?
3- Se esta situação acontecesse dentro de casa eu seria capaz de dizer NÃO?
4- Quando o meu filho pede algo a chorar eu não resisto?
5- Não sei lidar com o sofrimento do meu filho? Porquê?

A chantagem é uma tentativa de burlar a regra, uma dificuldade de aceitar as normas ou de se deparar com a falta de algo ou de alguém. Se os pais não souberem aceitar seus próprios limites, dificilmente conseguirão passá-los para os filhos.

Muitos deles têm dificuldade de encarar suas frustrações e, por isso mesmo, não aguentam ver os filhos sofrerem, porque querem um brinquedo novo. Esquecem o que já sabem, que vai ser melhor para a criança ouvir um não com amor, carinho e firmeza do que ceder à chantagem dela, que estimula a repetir este comportamento.

Começa com uma ou mais tentativas da criança de negociar uma "lei" dentro de casa. Se os pais respondem com um não duvidoso, insiste e, como último recurso, chantageia. Se os pais caírem nesta armadilha, estão ensinando aos filhos o caminho da chantagem. Como evitar isto? A negociação deve partir dos pais, mas quando vier dos filhos, os pais devem aceitar as opções oferecidas pelos filhos, porém acrescentar uma opção diferente de forma que totalizem pelo menos 4 opções de escolha na negociação proposta inicialmente.

Alguns pais acham que é mais fácil aceitar o acordo do que aguentar a manha, a birra ou o mau humor dos filhos. Há quem amenize a culpa que sentem por trabalhar muito, por ficar muitas horas fora de casa, por não ter tempo para brincar com os filhos e, portanto é mais fácil aceitar a chantagem, que geralmente envolve coisas materiais e pensam os pais que conseguem satisfazer as vontades dos filhos. Porémmmm, estão enganados, filhos que aprendem a chantagear, geralmente não sabem o que querem e nunca estão satisfeitos.

Quais são as consequências que isso tem na vida dos filhos?
- Dificuldades de se adaptar a leis
- Dificuldade no cumprimento de regras
- Necessidade de manipular qualquer figura de autoridade
- Baixa assimilação do código de valores familiar, escolar e da sociedade
- Relacionamento interpessoal com os colegas através de imposição ou chantagem
- Distorce os objectivos. A criança come porque precisa ficar saudável. Mas aprende que come para receber recompensa.

Obs.: Há pequenas chantagens, que acontecem a cada 8 meses e não causam danos no desenvolvimento da criança.

Criar a tabela de regras, com punições e premiações evita que a criança sinta necessidade de fazer chantagem e protege os pais da tentação de aceder a chantagem dos filhos.
Corrigir o hábito da chantagem implica mudar de atitude. Os pais devem deixar muito claro os limites e parar para analisar em que situações estão tendo dificuldades de dizer não. Os filhos tem que perceber que de hoje em diante a vida vai mudar. Nada de promessa para que os filhos cumpram com o que ficou definido como sendo o comportamento padrão aceitável. No começo, vai brigar e os pais vão ter de ser firmes.
A única maneira de vencer este mau hábito é compreender que faz parte da função de pais, colocar limite nos filhos. E, mais que isto, colocar limites é uma demonstração de amor pelos filhos.

Objectivo de vida: Ser Feliz

Ontem, véspera de Natal, atendi uma pessoa que, como todos nós, merece ser feliz, mas que não consegue perceber isto, descobrir qual é o caminho da sua felicidade… que está dentro dela e não lá fora, nas outras pessoas.

Foi um atendimento de emergência, num misto de psicóloga e ser humano, deu a essa pessoa o que de melhor ela precisava naquele momento. Dei atenção, carinho e em especial apoio para acender a luz e descobrir o caminho. Não fiz muito, nunca faço muito, é a própria pessoa quem faz a maior parte. Se não for assim, não tem efeito real.

Achei que era interessante partilhar com vocês e por isto escrevo e coloco no blog hoje. Não vou fazer o relato da situação vivida pela pessoa nem da mensagem que a transtornou, para não continuar com o transtorno em outras pessoas que nem sabem do tipo de mensagem que me refiro.

O fundamental para mim neste momento é falar sobre o compromisso que temos connosco de sermos felizes. O limite para realizar objectivos na sua vida é imposto por você próprio. Você é a única pessoa que pode colocar restrições nos seus desejos. Considerando-se que nós nascemos para viver em pé e caminhar em frente, temos todos um objectivo comum nesta vida: Sermos felizes.

Cada um tem o seu conceito de ser feliz.

Para alguns ser feliz é alcançar o impossível.

E… o que é impossível? Por exemplo, na história geral da humanidade podemos constatar que as grandes realizações aconteceram quando alguém resolveu vencer o que se pensava ser impossível...

Nos descobrimentos marítimos, conhecemos um Colombo determinado a seguir viagens pelo mar, apesar de ouvir que o mar acabava e estava cheio de monstros terríveis. Para alguns era impossível e Colombo pensava: “Porque não?”.

Ford não conseguiu ser ouvido por banqueiros porque eles não acreditavam nos carros em série. Santos Dumont foi considerado louco… até fazer subir o seu motor 14 Bis… Einstein foi outro louco... uiii, temos tantos “loucos”...e ainda bem que temos. Loucos porém felizes…a seu jeito! Graças a eles é que vamos crescendo e descobrindo mais e mais coisas, umas muito úteis, outras nem por isso.

Desistir dos nossos objectivos por aceitar palpites de pessoas menos optimistas é mais fácil do que lutar pelos nossos objectivos. Persistir nos nossos objectivos dá trabalho. Ah, isso lá é verdade, mas também é esse o “tempero” da nossa vida.

Hummm, então podemos concluir que ser feliz dá trabalho. Sim, ser feliz é questão de persistência, de aceitação interior, de lutas diárias consigo próprio, de encontros e desencontros, encantos e desencantos, acertos e desacertos, aceitação desses erros, humildade diante dos acertos.

Escuto muitas pessoas a dizerem que desistem de ser felizes porque vivem num mundo cada dia mais conturbado, com tantas cenas dolorosas de se ver, com sofrimento espalhado por este mundo afora e eu peço a vocês para reformularem este pensamento.

Pensem comigo: Sofrimento por este mundo a fora SEMPRE existiu, nós apenas não tínhamos conhecimento em tempo real e só sabíamos quando eram publicados livros ou filmes relatando como um determinado povo viveu uma situação catastrófica e, claro, só tomava conhecimento quem se interessava pelo assunto comprava o livro ou assistia o filme.

No entanto, actualmente, depois da globalização, da Internet, passamos a tomar conhecimento rapidamente, mesmo sem ter ido a procura dessas informações.

Sim, Internet é uma excelente ferramenta, no entanto, conheço muitas pessoas que NÃO estão preparadas para conviver com a Internet na sua vida diária. Sabem porquê? É que as pessoas repassam todo o tipo de e-mails. Alguns com piada, outros com pedidos, outros com relatos dramáticos, abaixo assinado, imagens de desgraça ambiental ou humana. Ok, é uma forma de manter contacto com as pessoas que você conhece? É uma forma de divulgar o que você tomou conhecimento? Sim, mas e que tal seleccionar para quem você deve enviar?

Vamos pensar aqui juntinhos. Existem muitas pessoas que não conseguem lidar com as dificuldades da sua própria vida e que precisam de muita ajuda para ultrapassar alguns obstáculos interiores. Algumas dessas pessoas podem estar ao vosso lado neste momento, apenas não expressam, não demonstram o sofrimento que lhes vai na alma. E, ao abrirem o seu e-mail encontram lá apelos desesperados enviados por vocês e… desanimam, desistem do objectivo principal da vida: Ser feliz.

Sofrem com o sofrimento dos outros e perdem a pouca capacidade que ainda tinham de saírem do seu sofrimento interior. Essas pessoas que estou me referindo, precisam tanto ou mais de ajuda como as pessoas das mensagens que você repassa relatando um sofrimento. Se pensarmos assim, estamos aumentando o sofrimento, quando na verdade só queríamos sensibilizar as pessoas para aquele tipo de sofrimento.

Se você acha que é importante continuar repassando as mensagens, continue a fazer, no entanto, aceite a minha simples sugestão. Inicie a sua mensagem com uma palavra de PAZ e conclua a sua mensagem com uma palavra de esperança.

Cada um tem o seu próprio “mapa”. Não sabemos qual será a reacção de quem lê. Pense que há muita boa gente que vai abrir o e-mail exactamente porque precisa de positividade e… encontra a sua mensagem e deixa-se ir abaixo. Com certeza não era esta a sua intenção ao repassar aquela mensagem. Vamos colaborar com o bem-estar mental dessas pessoas.

Se nascemos para ficar em pé…não devemos ficar caídos
Se caímos, devemos levantar…
Se nascemos para caminhar em frente, se for necessário dar um passo atrás, devemos logo recuperar o rumo.
Se o seu objectivo é ser feliz, não se desvie dele e conseguirá ser feliz.
Porémmm, já vimos que ser feliz dá trabalho, portanto vá a luta com empenho porque você merece.
Angela Escada
25 de Dezembro de 2007

domingo, 23 de dezembro de 2007

Chá quente

Os orientais bebem chá quente (de preferência, chá verde) durante as refeições. Nunca água gelada ou bebidas geladas. Deveríamos adoptar este hábito!

Líquidos gelados durante e após as refeições solidificam os componentes oleosos dos alimentos, retardando a digestão. Reagem com os ácidos digestivos e serão absorvidos pelo intestino mais depressa do que os alimentos sólidos, demarcando o intestino e endurecendo as gorduras, que permanecerão aí por mais tempo. Daí o valor de um chá morno ou até da água morna, depois de uma refeição. Facilita a digestão e amolece as gorduras para poderem ser expelidas mais rapidamente, o que também ajuda no emagrecimento.

Para brincar com o Pai Natal

Aproveite o tempo livre no feriado de Natal e brinque com as crianças e até mesmo com a sua própria criança. faça carta para o Pai Natal, receba a prenda que pediu, ouça a boa disposição do bom velhinho em:
http://www.natalbauducco.com.br/

sábado, 22 de dezembro de 2007

Dance Neste Natal

http://www.elfyourself.com/?id=1692856360
É legal
Abraceijos

Hipocampo - localização espacial

Cientistas descreveram o que chamaram de uma espécie de "sistema de navegação" nos cérebros de motoristas de táxi londrinos.

Os pesquisadores da University College of London analisaram imagens dos cérebros dos motoristas enquanto eles simulavam dirigir por uma recriação das ruas de Londres.

Diferentes regiões do cérebro eram ativadas à medida que eles examinavam opções de rota, avistavam locais familiares ou observavam o comportamento de seus passageiros.

Estudos anteriores já haviam mostrado que os motoristas de táxi possuem maior hipocampo – região do cérebro que desempenha um papel crucial na localização espacial e na navegação.

Segundo os cientistas, o cérebro até "cresce de tamanho" à medida que coleta informações detalhadas necessárias para percorrer e se localizar nas labirínticas ruas da capital britânica.

'Coreografia' cerebral

Os cientistas utilizaram ressonância magnética para obter imagens "minuto a minuto" do cérebro de 20 taxistas que foram encarregados de levar passageiros em um simulador das ruas de Londres.

A série de imagens revelou uma complexa coreografia da atividade cerebral à medida que os motoristas respondiam a cada cenário.

O hipocampo só se ativava quando os taxistas iniciavam o planejamento de sua rota, ou se tivessem de mudar seu itinerário no meio da viagem, eles observaram.

Os cientistas também observaram mudanças de atividade em diferentes regiões do cérebro quando os taxistas enfrentavam situações inesperadas, como um cruzamento bloqueado.

Outra parte do cérebro dos taxistas os ajudava a saber quando se aproximavam de seu destino final – como um detector.

Animais usam uma série de diferentes mecanismos para navegar – os raios do sol, o campo magnético da Terra e a posição das estrelas.

Os cientistas querem que seu estudo, apresentado nesta semana no Festival de Ciências da Associação Britânica para o Avanço da Ciência, em Liverpool, aporte nova informação sobre o papel de áreas específicas do cérebro utilizadas por especialistas humanos em navegação.

sexta-feira, 21 de dezembro de 2007

Feliz Natal de Angela Escada

Este é um vídeo simples feito pelo meu filho Raphael.
Para desejar um Feliz Natal a quem mora no meu coração eu escolhi uma forma diferente. Decidi que a 1ª pessoa que me viesse visitar pelo Natal, eu faria um pequeno filme com ela. Essa pessoa seria representante de todas as outras pessoas que eu queria ter aqui perto de mim neste momento e não posso ter, pelos mais variados motivos.
Essa pessoa foi a Fátima e ela gostou da ideia e fez comigo o filme. Ela iniciou o filme e depois me filmou para vocês.
Sintam-se todos muito muito abraçados.
É uma homenagem muito simples, mas feita com muito amor pelo ser humano que você é.
Obrigada Fátima e obrigada também a todos vocês que existem na minha vida. É lindo ter tantas pessoas a quem acarinhar e de quem receber miminhos.

Natal animado!!!

Clique no site abaixo.
1° aparecem as figuras do presépio em baixo, em linha. Clique e arraste cada figura para o lugar de seu agrado. Acomode todas as figuras em toda a tela.
2° quando estiver tudo pronto clique onde diz "animar" e veja o que acontece!!!
http://www.croire.bayardweb.com/croire/creche/Creche.htm

quinta-feira, 20 de dezembro de 2007

Couve fantástica



Ao fazer as compras de Natal aqui para casa, encontrei esta espécie rara. Chama-se "Couve Romanesca", tem um sabor muito parecido com o brócolis. é da família da couve-flor e é da região de Lamego. podem consultar detaalhes do produto em http://www.frutasdourosul.pt/Contactos.
Atenção: O que é Nacional é que é bom.

Jovens NÃO fumem, vocês merecem ser saudáveis!!!

http://my.opera.com/respirar.pt/about/
Aos jovens que visitam o meu blog, aos pais que por aqui passam, incentivem os filhos a conhecer o blog criado por um ser humano iluminado e que abraçou a causa de tentar evitar que jovens se iniciem no tabaco, sem necessidade.
Um abraceijo a todos sem fumaça

sábado, 15 de dezembro de 2007

Fluência Verbal

É uma pena que o jogo seja apenas com palavras brasileiras….mas dá para se divertir um pouco com a máquina

http://www.fulano.com.br/Scripts/JogosOnline/Letroca/LeTrocaAbertura.asp

quinta-feira, 13 de dezembro de 2007

Interessante

Ouçam as gravações
http://eos.fe.up.pt/exlibris/dtl/d3_1/apache_media/web/7640/index.html

Descubra quem você conhece - 100 pessoas Famosas

www.google-zero.com

www.google-zero.com

O Google-Zero é um motor de pesquisa ecológico em Português que ajuda a poupar a energia. Usando a tecnologia de pesquisa de Google™ (embora sem nenhuma associação directa com a marca), os resultados são apresentados com a mesma eficácia e rapidez com a que a marca norte-americana é reconhecida em todas partes do mundo. O conceito do Google-Zero baseia-se na poupança de energia mediante a apresentação de resultados num fundo escuro e com letras não totalmente brancas , para que os monitores dos computadores, telemóveis e outros artefactos de navegação online poupem o máximo possível de energia, tendo uma maior autonomia e é claro, ajudando ao meio ambiente. Ajude-nos a preservar o meio ambiente. Faça do Google-Zero a sua página de inicio e junte-se aos milhões de usuários que em todo o mundo estão a colaborar para uma maior poupança de energia informática. Por um mundo com ZERO emissões de CO2!

Ajudem a divulgar!! Experimentem e re-enviem aos vossos amigos vamos poupar 195.000.000 Kg de CO2 !

Estimamos que a redução em emissões de CO2 possa ser próximo das 1.950 toneladas de CO2 por ano. Senão vejamos: o Google é visto por 2.5 milhoes de utilizadores todas as semanas só em Portugal. O fundo negro pode reduzir o consumo energético até 7 W por dia por utilizador. Se todos os utilizadores converterem para o Google-Zero a poupança energética será de 30 W x 2.500.000 Utilizadores / Semana x 52 Semanas = 3.900.000 kWh, ou seja cerca de 1.950.000 kgs de CO2. Em termos monetários a poupança será equivalente a 390.000 EUR.

http://www.google-zero.com/C%e1lculo-de-redu%e7%e3o-de-emiss%f5es.html

Responsabilidade

Por pior que seja o meu dia,a minha responsabilidade
é fazer com que “ele” termine...e não eu.

Angela Escada

Copo ou lago e o tamanho da dor

Um velho Mestre pediu a um jovem triste que colocasse uma mão cheia de sal em um copo d'água e bebesse.
- "Qual é o gosto?" perguntou o Mestre.
- "Ruim " disse o aprendiz.
O Mestre sorriu e pediu ao jovem que pegasse outra mão cheia de sal e levasse a um lago.
Os dois caminharam em silêncio e o jovem jogou o sal no lago, então o velho disse:
- "Beba um pouco dessa água". Enquanto a água escorria do queixo do jovem, o Mestre perguntou:
- "Qual é o gosto?"
- "Bom!" disse o rapaz.
- Você sente gosto do "sal" perguntou o Mestre?
- "Não" disse o jovem.
O Mestre então sentou ao lado do jovem, pegou sua mão e disse:
- A dor na vida de uma pessoa não muda. Mas o sabor da dor depende aonde a colocamos. Então quando você sentir dor, a única coisa que você deve fazer é aumentar o sentido das coisas. Deixe de ser um copo.
Torne-se um lago...

quarta-feira, 12 de dezembro de 2007

Fotos de Portugal

Fotos de Portugal:
Clicar depois na foto da terra que querem ver e saberão mais um pouco, sobre a mesma.
http://www.flickr.com/photos/vitor107/sets/

O Edifício do Povo (nome de código: REN)

Dois corpos arqueados emergem - um do solo, outro da água - em direcção ao céu, unindo-se no topo e fundindo-se num monumental edifício único, de formas arrojadas, semelhante a um tubo de aço perfurado e dobrado por uma força imensa. O seu perfil sugere o caracter do alfabeto chinês que significa "pessoas". Assim será o Edifício do Povo na Expo 2010, em Shanghai, na China.

O Edifício do Povo (nome de código: REN) é um projecto de um colectivo de arquitectos e designers dinamarquês intitulado BIG < http://www.big.dk/> (Bjarke Ingels Group). A forma peculiar deste edifício não é gratuita e comporta, na perspectiva da filosofia oriental, um simbolismo que vai para além da semelhança com o sinal caligráfico com o qual se identifica. Assim, o corpo que emerge da água é dedicado a actividades de cultura física, desportos, etc.; já o corpo emergente da terra tem como destino actividades de "enriquecimento espiritual" - centro de conferências e outras. No ponto de encontro, onde o edifício se torna um só, situa-se um hotel de 1000 quartos! 250 000m2 de área construída...

Vejam o vídeo http://www.youtube.com/watch?v=rdy0kamf-gY

"Movimento Pijaminha"

Nesta altura em que finalmente o frio começa a dar um arzinho da sua graça e as luzes na rua anunciam o Natal à porta, venho mais uma vez fazer-vos um convite especial.

A maioria já saberá do que se trata mas, de entre todos vós, sei que haverá alguém para o qual esta será uma novidade.
Por isso passo (mais uma vez) a explicar:

Entre uma série de amigos temos conseguido angariar, para entregar no IPO, pijamas que tanta falta fazem às crianças que, infelizmente, lá passam tanto tempo das suas vidas.
Esta ideia surgiu há dois anos e hoje já me atrevo a apelidá-la de "Movimento Pijaminha" pelo sucesso que têm tido os esforços conseguidos! :)
Pela 3ª vez consecutiva, venho apelar à vossa boa-vontade e pedir-vos que se juntem a mim no esforço de tornar o Natal de algumas crianças mais quentinho.
As necessidades existentes passam pela falta de pijamas, pantufas, chinelos, meias, robes e fatos de treino .
Sei que a vida não está fácil mas, dentro das vossas possibilidades peço-vos que participem, comprando ou obtendo, junto de amigos e familiares, agasalhos que já não sirvam.

E já agora, se acharem que sim, espalhem a palavra! :)

À partida todos devem ter os meus contactos, mas aí ficam mais uma vez:
96 247 26 88
carla.fiscogal@netcabo.pt

Falem comigo... escrevam-me, liguem-me e combinamos.

Aguardo as vossas respostas.

Beijinhos e abraços, e muito merci :)
Carla Pereira

quarta-feira, 5 de dezembro de 2007

O voo dos gansos

Quando os gansos selvagens voam em formação "V"
Eles o fazem a uma velocidade 70% maior do que se estivessem sozinhos.
Eles trabalham em Equipe.
Quando o ganso que estiver no ápice do "V" se cansa
ele passa para trás da formação e outro se adianta para assumir a ponta.
Eles partilham a Liderança.
Quando algum ganso diminui a velocidade
os que vão atrás grasnam encorajando os que estão à frente
Eles são Amigos.
Quando um deles, por doença ou fraqueza, sai de formação
outro, no mínimo, se junta a ele, passando a ajudá-lo e protegê-lo.
Eles são Solidários.
Sendo parte de uma equipe
nós podemos produzir muito mais e mais rapidamente.
A qualquer instante também
podemos estar sendo indicados para liderar o grupo.
Palavras de encorajamento e apoio inspiram
e energizam aqueles que estão na linha de frente,
ajudando-os a se manter no comando
mesmo com as pressões e o cansaço do dia-a-dia.
E, finalmente
mostrar compaixão e carinho afetivo por nossos semelhantes
é uma virtude que devemos cultivar em nossos corações.
Da próxima vez, ao ver uma formação de gansos voando,
lembre-se
É uma recompensa
Um desafio
E um privilégio ser membro
da maior e mais importante equipe do Universo
A HUMANIDADE

Decidi Triunfar...

E assim, depois de muito esperar, num dia como outro qualquer, decidi triunfar...

Decidi não esperar as oportunidades e sim, eu mesmo buscá-las.

Decidi ver cada problemacomo uma oportunidade de encontrar uma solução.

Decidi ver cada deserto como uma possibilidade de encontrar um oásis.

Decidi ver cada noite como um mistério a resolver.

Decidi ver cada dia como uma nova oportunidade de ser feliz.

Naquele dia descobri que meu único rival não era mais que minhas próprias limitações e que enfrentá-las era a única e melhor forma de superá-las.

Naquele dia, descobri que eu não era o melhor E que talvez eu nunca tenha sido.

Deixei de me importar com quem ganha ou perde.

Agora, me importa simplesmente saber melhor o que fazer.

Aprendi que o difícil não é chegar lá em cima, e sim deixar de subir.

Aprendi que o melhor triunfo que posso ter é ter o direito de chamar a alguém de Amigo".

Descobri que o amor é mais que um simples estado e enamoramento, "o amor é uma filosofia de vida".

Naquele dia, deixei de ser um reflexo dos meus escassos triunfos passados e passei a ser a minha própria tênue luz deste presente.

Aprendi que de nada serve ser luz se não vai iluminar o caminho dos demais.

Naquele dia, decidi trocar tantas coisas...

Naquele dia, aprendi que os sonhos são somente para fazer-se realidade.

E desde aquele dia já não durmo para descansar...
Agora simplesmente durmo para sonhar.

(Walt Disney)

quinta-feira, 29 de novembro de 2007

A VIAGEM - Metáfora

De alguma forma de todas as viagens voltamos diferentes. Quando uma pessoa vai viajar, ela pode esperar algumas coisas com alguma certeza. Outras, com toda certeza e outras virão como surpresa. Outras ainda, colocam o viajante em novos lugares, nunca encontrados antes e ele se torna então um pioneiro de si mesmo. Todas as viagens são cheias de surpresas onde há mudanças de cenário e de pessoas e momentos para crescimento.

Se o viajante é do tipo que se motiva com a busca da sabedoria ele a procura em sua viagem, sabendo que pode ultrapassar os seus limites, saindo de onde está.

Ele se empenha na preparação, em colher informações sobre a jornada a ser feita, sobre as condições do caminho, do clima e que tipos diversos de pessoas ele poderá encontrar. Da mesma forma, conversa com pessoas que retornaram de viagens semelhantes e se lembra de jornadas passadas e principalmente do aprendizado que teve nelas.

Feitos então os preparativos, o viajante parte excitado, percebendo cada mudança e detalhe no terreno... no clima... na vegetação... hábitos dos animais... e costumes dos lugares que visita. Como é inevitável, põe todos estes fatores na malha de sua compreensão que dali sairão como memórias, crescimento pessoal e reservas para o enriquecimento de sua vida.

Não importa o que você encontre ou ache: destas viagens você volta mais apto a experienciar o mundo de um jeito novo. Novos espaços e trilhas foram abertos, novas ferramentas descobertas pois você aprendeu a viver melhor e a vencer de uma forma que ainda não conhecia.

Arrumar as malas com economia de espaço e movimentos, buscando maior conforto na viagem. E de volta, saberá que pode permanecer ali e apreciar sua participação naquele mundo antigo, agora já mudado e mais enriquecido; ou talvez partir para novas viagens, aprendendo que mais caminhos podem ser aprendidos, infinitamente partindo... chegando... e partindo de encruzilhadas multiplicadas a cada fim ou começo, sem que haja um último degrau ou uma última encruzilhada.

E terá fundado uma sabedoria confiante e cuidadosa, transformada em ensinamentos úteis, histórias a serem contadas... pois nós somos os ancestrais do futuro...

Traduzido e adaptado do livro Practical Magic

sábado, 24 de novembro de 2007

Arrogância de quem pensa que sabe mais

No Curso de Medicina, o professor dirige-se ao aluno e pergunta:
- Quantos rins nós temos?
- Quatro! Responde o aluno.
- Quatro? - Replica o professor, arrogante, daqueles que têm prazer em gozar sobre os erros dos alunos.
- Traga um molho de feno, pois temos um asno na sala - ordena o professor ao seu auxiliar.
- E para mim um cafezinho! - Replicou o aluno ao auxiliar do mestre.


O professor ficou irado e expulsou o aluno da sala. O aluno era, o humorista
Aparício Torelly Aporelly (1895-1971), mais conhecido como o 'Barão de Itararé' .


Ao sair da sala, o aluno ainda teve a audácia de corrigir o furioso mestre:
O senhor perguntou-me quantos rins "nós temos".
"Nós" temos quatro: dois meus e dois seus. Tenha um bom apetite e delicie-se com o feno.

A vida exige muito mais compreensão do que conhecimento!
Ás vezes as pessoas, por terem mais um pouco de conhecimento ou acreditarem que o tem, acham-se
no direito de subestimar os outros...

Haja feno

segunda-feira, 19 de novembro de 2007

Amor de Pai

AMOR DE PAI


Ao olhar esse vídeo podemos entender um pouco mais sobre o que é o AMOR. É possível ver claramente que AMAR não é só um sentimento... é uma
ATITUDE.

Veja só o que um pai foi capaz de fazer, para a alegria do filho portador de paralisia cerebral.

Só para entender, ele leva seu filho junto em uma prova de IRONMAN que consiste em 3800m nadando, 180 km pedalando e para finalizar uma maratona, ou seja, 42 km correndo.

Clique no link abaixo e assista:


http://www.telextremeteam.com/elpoderde2/

quinta-feira, 15 de novembro de 2007

Motivar Alunos

Agrupamento de Escolas Ovar Sul
Palestra sobre Como Motivar alunos.
Temas abordados:
Inteligência Emocional na Escola
Funcionamento Cerebral
Predominância dos hemisférios
Tipos de aprendizagem
Sugestões e dicas
Agradeço a presença dos professores.

segunda-feira, 12 de novembro de 2007

Feriados no Mundo

http://www.qppstudio.net/feriadospublicos.htm

sexta-feira, 9 de novembro de 2007

Lama Lobsang na FNAC domingo

TULKU LAMA LOBSANG
Mantras, Elephantes & More
AO VIVO NA FNAC Gaia Shopping
DIA 11 | DOM | 18H00

A música é uma linguagem universal, não depende dos gostos pessoais, não é boa, nem má. É simplesmente bela. Este trabalho propõe uma prática onde a música combinada com a meditação abre o caminho para a nossa transformação interior. “E a música ajuda-te nesse caminho. É o primeiro passo para conseguires essa abertura; é um canal para alcançares a tua essência”. (Tulku Lama Lobsang)

quinta-feira, 8 de novembro de 2007

A pensar nas mulheres - Academia da Praia

Edifício Transparente abre academia a pensar nas mulheres
2007-11-08

Programas e aulas avulso, aulas de relaxamento na praia, danças e as sempre saudáveis terapias do riso fazem parte do leque de oferta disponível.
O Edifício Transparente – localizado na frente marítima do Parque da Cidade, no Porto – tem uma área total de cerca de 4.000 metros quadrados, divididos, no interior, de forma funcional, por betão, vidro, madeiras e estruturas metálicas. Com 23 espaços de restauração, lazer e entretenimento, é servido por dois parques de estacionamento de grande dimensões: o Parque do Castelo do Queijo e o Parque de Estacionamento de Matosinhos.
http://www.centraldeinformacao.pt/noticias/detalhes.php?id=602

Marcio Miranda - Será um sucesso em Portugal

Olá pessoal que gosta de ler as novidades por aqui.
No próximo dia 19 e 20 de Novembro, em Lisboa, vai acontecer um workshop de peso sobre NEGOCIAÇÕES. Hotel Sofitel
Conheço o Márcio pessoalmente e gosto imenso do trabalho que ele realiza.
Com certeza vocês também vão gostar.
Vejam detalhes em http://www.gurusagency.com/

Depois ele vai a Luanda http://www.highplay.pt/destaque.asp?id=4
Leiam mais em http://coresaocubo.pt/news/guru02/

Inscrições: info@gurusagency.com
Mais informações: Gilda Mendes 91 8560354 gildamendes@highplay.pt

Para conhecer melhor o Márcio Miranda http://www.workshop.com.br/paginas/marcio_miranda.htm

Um abraceijo a todos e votos de sucesso a todos
Angela Escada

quinta-feira, 11 de outubro de 2007

Cursos: Inteligência Emocional e Auto-Estima

Cursos: Inteligência Emocional e Auto-Estima

Na década de 80, Howard Gardner trouxe o conceito reformulado de
inteligência onde encontramos o saber saber e o saber fazer e, a seguir
Daniel Goleman apresentou-nos a Inteligência Emocional com o saber ser. Hoje
compreendemos que ao desenvolver um Quociente Emocional (saber ser)
colaboramos com os nossos outros saberes. A Inteligência Emocional pode ser
desenvolvida em qualquer idade. Nunca é tarde.

A grande vantagem de participar neste curso é abrir a porta interior, parar
a sua rotina e dar atenção a si mesmo. Acarinhar, reconhecer, transformar e
validar as suas competências emocionais diante de si e das suas relações
pessoais e profissionais.

Objetivos:
- Desenvolver as competências emocionais;
- Despertar a empatia;
- Identificar a utilidade da compaixão;
- Manter uma visão positiva e rica do mundo, e ajudar outras pessoas a fazer
o mesmo.

Temas:
- As múltiplas inteligências e a multipolaridade cerebral;
- Amor incondicional;
- Compaixão;
- Autodiagnóstico emocional;
- Comportamentos que evitam conflitos;
- Empatia - Perceber o mundo através da perspectiva de outra pessoa;
- A inteligência emocional na relação profissional;
- A inteligência emocional na relação pessoal;
- Aptidões Sociais;
- Construção de um Perfil Individual e um plano de desenvolvimento
emocional.

Datas e Locais:
Rio de Janeiro - 20 de Outubro (Sábado) - INAp - Praia do Flamengo 278 Grupo
21 - Telefone: (21) 2551-1032

Brasília - 27 de outubro (Sábado) - GB Consultoria -
Telefone: (61) 3468-3344


http://br.groups.yahoo.com/group/pnlbr/message/19220?var=1

quarta-feira, 10 de outubro de 2007

Casa da Música - votação

O Channel 4 irá brevemente transmitir o RIBA Stirling Prize 2007
(concurso que visa destacar e premiar obras de referência em termos de
arquitectura moderna).

Actualmente, o CHannel 4 tem a decorrer uma "votação" no seu site para
encontrar o edifício que mais agrada ao público.

Pela primeira vez, uma obra portuguesa aparece em destaque nesta
votação - a Casa da Música.

Não deixem de participar, votando em:

http://www.channel4.com/4homes/microsites/S/stirling_prize/2007/vote.html

Passem palavra!

Controlo do rato com os olhos

Um pequisador da Universidade de Stanford criou um método para controlar um ponteiro de mouse com o olhar e uma combinação de teclas no teclado numérico.

Manu Kumar, estudante de doutorado, diz que hoje a tecnologia de rastreamento do olhar é aperfeiçoada principalmente para quem tem deficiência motora, mas pode ser adaptada para melhorar o trabalho no computador.

Teclas, em conjunto com o olhar, deixam o mouse guardado no armário.O centro do projeto de Kumar é o EyePoint, software que usa uma webcam para traduzir o olhar em comandos na tela. Ao encontrar algo que deseja clicar, o usuário pressiona uma tecla e a parte da tela é aumentada, como numa lupa. Ao soltar a tecla, o comando em questão é ativado. Entre as possibilidades estão o arraste-e-solte, o duplo clique e os cliques com os botões direito e esquerdo do mouse - agora virtual.

No sistema de Kumar não há um guia que mostre para onde o micreiro está olhando - para o estudante, isso o distrai durante a operação. O inventor também criou mecanismos para compensar o tremor natural na visão. Ele sabe que o sistema não é perfeito, mas cita o trackball e trackpoint, usados comercialmente e que não são ideais.

A tecnologia de controle do mouse com o olhar pode se tornar cada vez mais comum, já que as webcams estão difundidas, chegando rápido a dispositivos portáteis como celulares, PDAs e notebooks. Acredita-se que a Apple lance em breve sua nova linha de monitores com a câmera integrada, como já acontece com os laptops. A empresa parou de fabricar sua webcam, num sinal de que novidades estão no horizonte. E como a Apple influencia todo o mercado, a função pode se popularizar.

domingo, 7 de outubro de 2007

Inteligencia Emocional nos jovens

Dia 12 de Outubro 21h30 2007
Palestra "A «Inteligência Emocional e os nossos Jovens", dirigida particularmente a docentes e pais de jovens, levada a cabo pela Dr.ª Angela Escada, psicóloga. Esta sessão é organizada pela Câmara Municipal de Braga, pelouro do Ambiente e Saúde. Entrada livre.
http://www.dicas.sas.uminho.pt/ModuleLeft.aspx?mdl=~/
Modules/Evento

Decisão x Acção

Decisões realmente importantes significam, também esforços importantes. Valorize a possibilidade de ganhos que a sua decisão trará para si e não valorize a dor da perda da opção que rejeitou. Decidiu? Rápido…acção! Decisão sem acção é apenas reflexão.
Angela Escada

Ausência de Portugal

Bom dia!!!
Estarei ausente de Portugal entre 17 Out e 6 Nov.

Terei acesso ao e-mail, porém vou responder ao que for mais urgente. Responderei sempre a noite. Utilize preferencialmente m.angelaescada@gmail.com pois vou consultar diariamente apenas este e-mail. Vou ministrar cursos em cidades diferentes e vou viver pulando de Aeroporto em Aeroporto…risos.

Se sentir saudades, leia-me aqui no Blog
Em caso de alguma necessidade mais urgente, pode ligar-me 00 55 21 9308.1643

Para conversar através do Messenger: aescadapt@hotmail.com
Para conversar através do Skyp: angelaescada

Desejo que a sua vida corra pelo melhor e até a minha volta a Portugal.

Curso de Inteligência Emocional

Curso de Inteligência Emocional - Rio de Janeiro e Brasília

“Não tenhamos pressa, mas não percamos tempo”.
José Saramago

Na década de 80, Howard Gardner trouxe o conceito reformulado de inteligência onde encontramos o saber saber e o saber fazer e, a seguir Daniel Goleman apresentou-nos a Inteligência Emocional com o saber ser. Hoje compreendemos que ao desenvolver um Quociente Emocional (saber ser) colaboramos com os nossos outros saberes. A Inteligência Emocional pode ser desenvolvida em qualquer idade. Nunca é tarde.

A grande vantagem de participar neste curso é abrir a porta interior, parar a sua rotina e dar atenção a si mesmo. Acarinhar, reconhecer, transformar e validar as suas competências emocionais diante de si e das suas relações pessoais e profissionais.

Objetivos:
- Desenvolver as competências emocionais
- Despertar a empatia
- Identificar a utilidade da compaixão
- Manter uma visão positiva e rica do mundo, e ajudar outras pessoas a fazer o mesmo

Temas:
- As múltiplas inteligências e a multipolaridade cerebral
- Amor incondicional
- Compaixão
- Autodiagnóstico emocional
- Comportamentos que evitam conflitos
- Empatia - Perceber o mundo através da perspectiva de outra pessoa.
- A inteligência emocional na relação profissional
- A inteligência emocional na relação pessoal
- Aptidões Sociais
- Construção de um Perfil Individual e um plano de desenvolvimento emocional

Metodologia:
Jogos Pedagógicos, vivências e reflexões positivas com elaboração de plano de ação

Facilitadora: Angela Escada (Portugal), psicóloga clínica, escritora, formadora, consultora, pesquisadora, autora dos livros: Auto-Estima com Inteligência Emocional (2002), Auto-Estima do Formador - Dicas e Sugestões (2003), Faça a Diferença (2004), Emoções (2004), Crescer (2005), Assertividade (2005), Um dia ... uma frase! (2006).

Rio de Janeiro
Data: 20 de Outubro (Sábado)
Horário: 9:00 às 18:00
Local: INAp - Praia do Flamengo 278 Grupo 21 - Rio de Janeiro
Investimento: 2 x R$95,00

Informações e Inscrições:
(21) 2551-1032 / 2551-7647
imerj@imerj.med.br

Brasília
Data: 27 de outubro (Sábado)
Horário: 9:00 às 18:00

Informações e Inscrições:
GB Consultoria
(61) 3468-3344
cristiane@gbconsultoria.com.br

quinta-feira, 4 de outubro de 2007

MUUDA de Livro por 1€

NO PRÓXIMO SÁBADO...

"MUUDA de LIVRO" por 1 Euro... Vamos encher as estantes para fazer uma biblioteca que MUUDA.

No dia 6 de Outubro começamos a receber livros, traga um que já tenha lido ou que esteja a mais em casa e inscreva-se no Clube MUUDA de livro .

A inscrição custa 5 Euros + 1 livro e dá direito à primeira troca que poderá ser feita a partir de dia 3 de Novembro, o dia em que começa tudo a MUUDAR e passa a ler cada livro por 1 euro, basta trazer sempre o outro para fazer a troca.

Durante um mês vamos acumular, quanto mais gente se inscrever, mais escolha têm os membros do Clube!...

Apareça e traga bons livros !

Contacto info@muuda.com

* O MUUDA está aberto no Feriado sexta-feira, dia 5 de Outubro?

domingo, 23 de setembro de 2007

Matemática divertida

Digite os 3 primeiros algarismos de seu telefone (não vale o indicativo 91, 93 ou 96...);
2- multiplique por 80.
3- some 1.
4- multiplique por 250.
5- some com os 4 últimos algarismos do mesmo telefone.
6- some com os 4 últimos algarismos do mesmo telefone de novo.
7- subtraia 250.
8- divida por 2.
Reconhece o resultado???????

sexta-feira, 21 de setembro de 2007

O que saberemos em 2050?

Como será a ciência dentro de 50 anos? O quanto avançará o conhecimento? Conseguiremos elucidar nossas principais ignorâncias atuais? Qual será o papel da ciência nesse futuro? Um interessante artigo de Sir Jonh Maddox, físico teórico inglês e famoso como editor-chefe da revista Nature, uma das principais publicações científicas do mundo, foi publicado a esse respeito na revista Scientific American deste mês.

Embora as perguntas sejam muito interessantes, o artigo de Sir Maddox decepciona um pouco porque ele preferiu fazer um "catálogo de ignorâncias", ou seja, ele lista as grandes áreas sobre a qual o conhecimento é ainda altamente incerto, na esperança de que essas áreas estejam em grande parte elucidadas na metade do próximo século. É difícil ter uma bola de cristal que enxergue tanto tempo no futuro assim. Mas, se acreditarmos no poder da ciência, e se testemunharmos os progressos inacreditáveis obtidos neste século, especialmente na segunda metade; é inevitável que sejamos otimistas e que acreditemos que chegaremos a reduzir nossas maiores ignorâncias. Aliás, a melhor definição de conhecimento é justamente essa: qualquer coisa que reduza nossa ignorância a respeito de algo!

E quais são nossas principais ignorâncias? Sir Maddox cita duas grandes áreas: uma é o cérebro humano, a mais complexa entidade do mundo natural. Sabemos muito sobre os mecanismos básicos de funcionamento do cérebro, como os neurônios, as sinapses, circuitos neurais simples, como reflexos, etc. No entanto, não sabemos praticamente nada sobre como se organiza a memória, a consciência, o pensamento, os sentimentos, o raciocínio, e outras funções ditas superiores, que caracterizam e diferenciam o ser humano em relação aos outros animais. Como não é possivel eticamente fazer experimentos biológicos com seres humanos, a nossa ignorância sobre as bases neurais de tudo isso ainda vai durar muito tempo, pois podemos apenas inferir as funções cerebrais superiores indretamente (usando imagens, por exemplo, ou observando o efeito de lesões patológicas sobre elas). Outro motivo para duvidar que nos próximos 50 anos sejamos capazes de deslindar o funcionamento das funções intelectuais superiores é a enorme complexidade do sistema nervoso, para a qual ainda não existem métodos adequados de estudo. Imaginem, por exemplo, a quantidade de neurônios e a complexidade de computações cerebrais que são necessários para saber de cór e executar um concerto para piano e orquestra de Rachmaninoff. São bilhões e bilhões de neurônios, treinados ao longo de anos de prática, espalhados por todas as regiões do cérebro, e trabalhando em harmonia para produzir um resultado de uma complexidade inimaginável. Muitos filósofos colocam inclusive a dúvida se um cérebro é capaz de entender a si mesmo algum dia. Talvez a complexidade estrutural e funcional do nosso cérebro seja tão grande, que jamais poderemos entendê-la: seria necessário ter um cérebro mais desenvolvido para isso. Poderemos eventualmente entender a complexidade do cérebro de um sapo, mas nunca de nós mesmos…

Uma área biológica em que parece haver pouca dúvida que será conquistada integralmente é a da genética molecular, ou seja, o desvendamento final e total do genoma humano e de milhares de outras espécies vivas. Esse é um caminho para o qual já se possue métodos adequados de investigação científica, e que tem um destino conhecido, sendo apenas uma questão de tempos e de recursos. As conseqüências serão imensas, para todas as áreas do saber humano que têm a ver com o biológico, da agropecuária aos medicamentos, da psicologia à exploração espacial. Os microfenômenos de regulação celular, de desenvolvimento embrionário e de crescimento, de diferenciação, transmissão de informação, comunicação intracelular e muitos outros, serão completamente entendidos em menos de 50 anos. Órgãos completos poderão ser obtidos a partir de uma simples célula tirada do corpo de um indivíduo, e usada para "autoplantes" sem perigo de rejeição.

Na física, um mistério ainda até hoje não solucionado (mas que se acredita que se vá solucionar em menos de 50 anos) é o da Teoria Unificada Geral (GUT: Grand Unified Theory), também chamada de TOE (Theory of Everything), ou seja um arcabouço teórico que abranja todos os fenômenos conhecidos do mundo físico, da mecânica quântica à mecânica relativística, das partículas sub-atômicas às moléculas, e das forças intranucleares à força gravitacional. Esta era uma aspiração do grande fisico Albert Einstein, que morreu sem conseguir realizá-la, e até o contrário: ele rejeitava como ilógica e estranha a teoria quântica que forma hoje a base inabalável do nosso conhecimento sobre o mundo atômico, e que foi criada por vários físicos que eram seus amigos.

Especialmente incômodo para a física, segundo Sir Maddox, é o abismo que existe entre as teorias do mundo atômico e sub-atômico (escalas muito pequenas), e o mundo físico das grandes distâncias e velocidades, das transformações radicais do Big Bang, que é a teoria da relatividade de Einstein. O mundo intermediário (que é o que vivemos, e que constituem os fenômenos que alcançam nossa percepção, e que são responsáveis pelo surgimento da vida) tem poucas conexões com os mundos quântico e relativístico. Compatibilizar todas elas será um dos grandes desafios do próximo século. Mas não temos dúvida de que o ser humano irá conseguir, como já conseguiu ultrapassar barreiras inacreditáveis do conhecimento científico. Seremos os senhores do nosso universo mais próximo!

Para Saber Mais

* Weinberg, S.: A unified physics by 2050? Scientific American, December 1999.
* Maddox, J.: The unexpected science to come. Scientific American, December 1999.

quinta-feira, 20 de setembro de 2007

Palestra Razão x Emoção = Solução

A Associação Nacional das Empresas (ANE) está a promover o primeiro encontro temático deste ano do Programa Rede, subordinado ao tema “Razão x Emoção = Solução”, que tem lugar no próximo dia 28 de Setembro.

Esta iniciativa pretende sensibilizar as empresas para a importância do auto-conhecimento e da gestão de emoções.

Durante a sessão, que conta com a participação da psicólogo Ângela Escada, vão ser abordados temas como a utilização da emoções em seu benefício; a auto-conhecimento e auto-controlo das emoções; QI x QE; como desenvolver a sua inteligência emocional; etécnicas de redução de stress e técnicas de relaxamento para a gestão das emoções.

Para informações sobre as inscrições, consulte o site da ANE. http://www.ane.pt/index.php?gc=Homepage

Local: Associação Nacional das Empresárias - Porto

domingo, 16 de setembro de 2007

Amizade em alta


Olá pessoALL
Hoje é mais um dia de encontro de amigos. A partir de agora, 20hs até as 24hs teremos 4 horas intensas de partilha.

Muita conversa interessante, mas brincadeiras que também temos que nos rir....rir faz imenso bemmmm

Sabem, também temos muita troca de energia positiva. É mesmo muito legal estar com todas estas pessoas.

E, este grupo tem uma outra coisinha bonita, que é enviar energia positiva para as pessoas que não puderam estar presente. Assim, ficamos todos energizados!!!

No final da noite, eu coloco aqui uma fotografia do grupo. Um abraceijo a todos, Angela

Cancro x Bafômetro

Cientistas americanos criaram um teste de bafômetro para detectar se uma pessoa tem câncer de pulmão.

O kit criado pelos médicos da clínica Cleveland, nos Estados Unidos, é pouco maior do que uma moeda, barato e fácil de usar.

Os cientistas já usam testes de hálito para detectar a doença, mas as máquinas são caras e só podem ser manuseadas por especialistas.

O novo teste usa 36 sensores que mudam de cor ao entrar em contato com determinadas substâncias químicas. As células de câncer de pulmão liberam substâncias chamadas de compostos orgânicos voláteis, que são exaladas.

Os cachorros, por exemplo, animais com o olfato extremamente apurado, conseguem distinguir entre o hálito de pessoas saudáveis e com câncer de pulmão.

O kit foi testado em 122 pessoas com tipos diferentes de doenças de pulmão, incluindo 49 com câncer e 21 saudáveis.

O sensor reconheceu mudanças no hálito de três em cada quatro pacientes com câncer, inclusive aqueles que têm tumores em estágio inicial.

Os resultados são considerados cruciais porque geralmente é difícil detectar a doença no início, quando há mais chances de cura.

O kit ainda precisa passar por novos testes antes de ser comercializado.

A pesquisa foi publicada na revista especializada Thorax.

sexta-feira, 14 de setembro de 2007

Sobre o Amor

Um senhor de idade já bem avançada veio à clínica onde trabalho, para fazer um curativo na mão ferida. Estava apressado, dizendo-se atrasado para um compromisso e enquanto o tratava perguntei-lhe sobre qual o motivo da pressa.
Ele disse-me que precisava ir a um lar de idosos para, como sempre, tomar o café da manhã com a sua mulher que estava lá internada.
Disse-me que ela já estava há algum tempo nesse lugar porque tinha Alzheimer em estado bastante avançado.
Enquanto acabava de fazer o curativo, perguntei-lhe se ela não se alarmaria pelo fato de ele chegar mais tarde.
- Não, disse ele. Ela já não sabe quem eu sou. Faz quase cinco anos que não me reconhece.
Estranhando, perguntei-lhe:
- Mas se ela já não sabe quem o senhor é, porquê essa necessidade de estar com ela todas as manhãs?
Ele sorriu e dando-me uma palmadinha na mão, disse:
- Pos é. Ela não sabe quem eu sou, mas eu contudo sei muito bem quem é ela.

quinta-feira, 13 de setembro de 2007

Razão....emoção

A razão convence, as lágrimas comovem

Acertos

Quando eu sabia tudo, muita coisa falhava.
Agora que duvido, caminha tudo muito melhor.

Marten van de Vries, Sneek, Holanda

quarta-feira, 12 de setembro de 2007

Livros de Metáforas

190 - A Borboleta de Duas Cabeças - Vânia Lúcia Slaviero e Roberto Sabatelli Adam - Lastro - A Borboleta de Duas Cabeças
523 - A todo vapor! Uma parábola de negócios - Ken Blanchard e Jesse Stoner - Record - Full Steam Ahead
517 - Alice no País das Maravilhas - Lewis Carroll - L&PM Pocket - Alice's Adventures in Wonderland
528 - Contos de fadas para aprender a viver - Rosetta Forner - Prestígio - Cuentos de Hadas para Aprender a Vivir
509 - Espírito de Cooperação no Trabalho - Jack Canfield e Mark Victor Hansen - Cultrix - Espírito de Cooperação no Trabalho
527 - Eu, Nasrudin - Assis Almeida e Alexandre Bortoletto - Premius - Eu, Nasrudin
145 - Fábulas - Esopo - L&PM - Fábulas
520 - Fábulas de Esopo - Esopo - Cia das Letrinhas - Fábulas de Esopo
521 - Fábulas de Esopo - Jean de La Fontaine - Scipione - Fábulas de Esopo
519 - Faça diferente, faça a diferença - Rodrigo Cardoso - Record - Faça diferente, faça a diferença
518 - Histórias & Fábulas Aplicadas a Treinamento - Albigenor Militão e Rose Militão - Qualitymark - Histórias & Fábulas Aplicadas a Treinamento
503 - Histórias da Alma, histórias do Coração - Diversos - Pioneira - Histórias da Alma, histórias do Coração
502 - Histórias da Tradição Sufi - Diversos - Dervish - Histórias da Tradição Sufi
501 - Histórias de Nasrudin - Diversos - Dervish - Histórias de Nasrudin
524 - Histórias Interessantes - Assis Almeida - Premius - Histórias Interessantes
506 - Histórias para Abrir o Coração II - Jack Canfield - Ediouro - A 2nd Helping of Chicken Soup for the Soul
507 - Histórias para Aquecer o Coração - Jack Canfield e Mark Victor Hansen - Sextante - Chicken Soup for Unsinkable Soul
512 - Histórias para aquecer o coração das mães - Jack Canfield, Mark Victor Hansen - Sextante - Chicken soup for the mother's soul
514 - Histórias para aquecer o coração das Mulheres - Jack Canfield, Mark Victor Hansen - Sextante - Chicken soup for the woman's soul
513 - Histórias para aquecer o coração dos adolescentes - Jack Canfield, Mark Victor Hansen e Kimberly Kirberger - Sextante - Chicken soup for the teenage soul
515 - Histórias para aquecer o coração dos Pais - Jack Canfield, Mark Victor Hansen - Sextante - Chicken soup for the father's soul
508 - Histórias para Aquecer o Coração II - Jack Canfield e Mark Victor Hansen - Sextante - A 3rd Serving of Chicken Soup for the Soul
207 - Histórias para pais, filhos e netos - Paulo Coelho - Globo - Histórias para pais, filhos e netos
510 - Histórias que curam - Raquel Naomi Remen - Ágora - Kitchen table wisdom
525 - Histórias que Motivam - Assis Almeida - Premius - Histórias que Motivam
191 - Metáforas - Vânia Lúcia Slaviero e Maura Loires Diniz - Lastro - Metáforas
526 - Metáforas - Para a Evolução Pessoal e Profissional - Consuelo C. Casula - Qualitymark - Como construire metafore per l'evoluzione personale e profissionale
522 - Metáforas da Vida Cotidiana - George Lakoff - Merdado de Letras - Metaphors we live by
087 - O Livro das Virtudes - William J. Bennett - Nova Fronteira - The Book of Virtues
088 - O Livro das Virtudes II - O compasso Moral - William J. Bennett - Nova Fronteira - The Moral Compass
014 - O Livro das Virtudes para Crianças - William J. Bennett - Nova Fronteira - The Children's Book of Virtues
134 - O Mercador e o Papagaio - Nossrat Peseschkian - Papirus - The Merchant and the Parrot
222 - Pollyanna - Eleanor H. Porter - Nacional - Pollyanna
223 - Pollyanna Moça - Eleanor H. Porter - Nacional - Pollianna Grows Up
184 - Quem Mexeu no Meu Queijo - Spencer Johnson, M.D. - Record - Who moved my cheese?
516 - Quem Mexeu no meu Queijo? PARA JOVENS - Spencer Johnson - Record - Who Moved my Cheese for teens
504 - Você não está só - Jack Canfield e Mark Victor Hansen - Ediouro - A Cup of Chicken Soup for the Soul

domingo, 9 de setembro de 2007

Resiliência

No processo de autoconhecimento é importante saber avaliar correctamente a sua resiliência emocional, sabendo ser isento e não se permitir valorizar em excesso pela vaidade…ou desvalorizar pela baixa auto-estima!

Angela Escada

sábado, 8 de setembro de 2007

Relógio

Dou-lhe corda e não dança,
Anda e está parado.
Olho-o com confiança,
Mas já me tem enganado.....ai ai ai esse tal do relógio!

Controle do mouse com os olhos

Um pequisador da Universidade de Stanford criou um método para controlar um ponteiro de mouse com o olhar e uma combinação de teclas no teclado numérico.

Manu Kumar, estudante de doutorado, diz que hoje a tecnologia de rastreamento do olhar é aperfeiçoada principalmente para quem tem deficiência motora, mas pode ser adaptada para melhorar o trabalho no computador.

Teclas, em conjunto com o olhar, deixam o mouse guardado no armário.O centro do projeto de Kumar é o EyePoint, software que usa uma webcam para traduzir o olhar em comandos na tela. Ao encontrar algo que deseja clicar, o usuário pressiona uma tecla e a parte da tela é aumentada, como numa lupa. Ao soltar a tecla, o comando em questão é ativado. Entre as possibilidades estão o arraste-e-solte, o duplo clique e os cliques com os botões direito e esquerdo do mouse - agora virtual.

No sistema de Kumar não há um guia que mostre para onde o micreiro está olhando - para o estudante, isso o distrai durante a operação. O inventor também criou mecanismos para compensar o tremor natural na visão. Ele sabe que o sistema não é perfeito, mas cita o trackball e trackpoint, usados comercialmente e que não são ideais.

A tecnologia de controle do mouse com o olhar pode se tornar cada vez mais comum, já que as webcams estão difundidas, chegando rápido a dispositivos portáteis como celulares, PDAs e notebooks. Acredita-se que a Apple lance em breve sua nova linha de monitores com a câmera integrada, como já acontece com os laptops. A empresa parou de fabricar sua webcam, num sinal de que novidades estão no horizonte. E como a Apple influencia todo o mercado, a função pode se popularizar.

DNA poderá ser conservado em casa - cientistas espanhóis

Publicidade da Efe, em Valência

Qualquer pessoa poderá conservar em casa e na temperatura ambiente seu DNA purificado e desidratado em um tubo de cristal de cerca de 10 centímetros, sem necessidade de arcar com os custos que representam o armazenamento em um banco particular para este tipo de material.

O novo sistema, divulgado nesta quinta-feira em entrevista coletiva na Espanha, surgiu graças ao acordo de colaboração entre o laboratório espanhol Sistemas Genômicos e a Clínica Quirón de Valência, que será pioneira na implementação do serviço, com custo aproximado US$ 262.

Tanto os responsáveis pela clínica como pelo laboratório destacaram que o DNA contém "grande quantidade de informação médica valiosa" e que é importante ter a cada dia "mais dados de nosso sistema hereditário".

Concretamente se referiram à utilidade do DNA nos estudos das doenças hereditárias (como alguns tipos de câncer), em testes de paternidade, na identificação de vítimas de grandes catástrofes e de pessoas desaparecidas.

As pessoas que queiram obter seu DNA para guardá-lo em sua casa deverão colher sangue. Essa etapa é realizada no hospital e depois, já nos laboratórios, a amostra é processada "de maneira exaustiva para livrá-la de qualquer contaminação e secá-la".

A amostra é colocada em um tubo, adequadamente lacrado e identificado com um código-chave que ficará armazenado em um banco de dados para evitar uma possível "utilização fraudulenta".

Importar-se com o outro

"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei.

No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei .

No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei.

No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."


Martin Niemöller, 1933

Cientistas criam simulador para sobreviventes de terremoto

Pesquisadores britânicos e turcos afirmam ter desenvolvido um simulador controlado pelos próprios usuários que recria a sensação de um terromoto e reduz os sintomas de estresse pós-traumático em pessoas que sobreviveram a um grande temor.

Em artigo publicado na revista especializada Psychological Medicine, os pesquisadores sugerem que o simulador seja utilizado em países onde o risco de terremotos é maior.

De acordo com um dos criadores do simulador, a idéia foi associar a tecnologia a uma antiga teoria psicológica.

O simulador é uma pequena casa pré-fabricada que fica em cima de uma base que tremula graças a uma plataforma mecânica motorizada.

Um computador controla a simulação do terremoto, mas os participantes podem determinar a velocidade e a intensidade dos tremores e parar o simulador a qualquer momento com um controle remoto.

Resultados

Em um estudo inicial, oito pessoas de um grupo de dez sobreviventes do forte terremoto que atingiu o noroeste da Turquia em 1999 passaram a ter menos sintomas de estresse pós-traumático três meses depois de utilizarem o simulador.

Em outro estudo, 31 sobreviventes do mesmo terremoto que sofriam de estresse pós-traumático passaram por uma sessão no simulador ou por uma série de consultas com um psicólogo.

Os sobreviventes que se submeteram ao psicólogo foram aconselhados sobre como lidar com situações que consideravam difíceis, como entrar em um prédio ou dormir no mesmo horário que o resto da família e não ficar acordado para estar atento a um possível terremoto.

Pelos resultados da pesquisa, os sobreviventes que passaram pelo simulador tiveram uma melhora 20% maior do que os que se consultaram com o psicólogo.

"Ele (o simulador) aumenta o poder de recuperação", afirma o pesquisador Mertin Basoglu, que liderou o estudo e desenvolveu o simulador. "Quando ocorre um terremoto, as pessoas estão preparadas."

"Observei que as pessoas que sobreviveram a terremotos tinham medo de situações em que havia um ambiente trêmulo, como um prédio pré-fabricado que balança com ventos fortes ou quando um caminhão passa", conta o pesquisador.

Basoglu, que trabalha no Instituto de Psiquiatria de Londres e no Centro de Pequisas e Terapias de Comportamento de Istambul, diz que os estudos demonstram que o simulador é "um tratamento em potencial".

"Pode parecer um equipamento caro, mas tem um bom custo/benefício: você pode tratar de cinco a dez pessoas em uma sessão", afirma o pesquisador. "No futuro, isso deveria ser parte dos serviços de saúde mental oferecidos a pessoas que sobreviveram a terremotos."

Mais de 800 mil portugueses tomam diariamente anti-inflamatórios

Mais de 800 mil portugueses consomem todos os dias pelo menos um anti-inflamatório, segundo dados divulgados hoje pela Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia, que alertou para uma banalização excessiva deste tipo de medicamentos.

"Em Portugal anda a banalizar-se demasiado o uso de anti-inflamatórios e as pessoas devem ser alertadas para os riscos. Em Portugal, 50 por cento dos doentes que tomam anti-inflamatórios têm queixas digestivas e 10 por cento úlceras", avisou o vice-presidente da Sociedade, Hermano Gouveia.

Nas situações mais agudas, como os internamentos por hemorragia gástrica, cinco a 10 por cento desses doentes acabam por morrer, um risco que aumenta com a idade.

Sublinhando que nas pessoas jovens os riscos são diminutos e que a maior parte das vezes os anti-inflamatórios são "inócuos", o clínico recomenda que estes medicamentos sejam "sempre tomados sob orientação médica".

"O medicamento pode ser de venda livre, mas deve ser tomado sob vigilância médica, sobretudo quando percebemos que a auto-medicação é cada vez mais frequente e que as pessoas tomam muitas vezes um medicamento só porque o vizinho também toma", disse.

Para a Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia, é importante saber quais os factores que aumentam o risco de complicações no uso de anti-inflamatórios: ter mais de 60 anos, historial de úlcera gástrica ou ter factores de risco cardiovascular.

Hemorragias do estômago, do fígado ou do duodeno podem ser algumas das consequências que pode ter a toma de anti-inflamatórios exagerada e sem supervisão médica.

Hermano Gouveia disse ainda à Lusa que as pessoas têm muitas vezes a tendência de não usar a dose recomendada, exagerando na quantidade do medicamento para rapidamente resolver a dor ou o problema de saúde.

Nalgumas situações muito dolorosas, o anti-inflamatório não tem de ser necessariamente a última coisa a fazer, podendo recorrer-se em alternativa a fisioterapia, cirurgia ou a analgésicos, segundo o também chefe de serviço de gastrenterologia dos Hospitais da Universidade de Coimbra.
http://www.noticiaslusofonas.com

“A vida só dá uma safra!”

“A vida só dá uma safra!”
Pense nisso.
Viva mais intensamente!
Com mais qualidade!
Distribua um sorriso genuíno!
E...será feliz a cada instante!
Um abraceijo
Angela

domingo, 2 de setembro de 2007

Aceitar-se

"É no momento que me aceito como sou, que me torno capaz de mudar."
A.R. Beisser

Tempo - William Shakespeare

O tempo é muito lento para os que esperam, muito rápido para os que têm medo, muito longo para os que lamentam, muito curto para os que festejam, mas para os que amam, o tempo é eternidade.
William Shakespeare

sábado, 1 de setembro de 2007

Faça a sua parte

Num certo lugar do Oriente, um Rei resolveu criar um lago diferente para as pessoas do seu povoado. Ele quis criar um lago de leite! Então pediu para que cada um de seus súditos levasse apenas um copo de leite; com a cooperação de todos, o lago seria preenchido.O Rei muito entusiasmado esperou até a manhã seguinte para ver o seu lago de leite.Mas, qual não foi a sua surpresa, no outro dia pela manhã, quando viu o lago cheio de água e não de leite.Consultou o seu conselheiro que o informou, que as pessoas do povoado tiveram todas o mesmo pensamento:No meio de tantos copos de leite, se só o meu for de água, ninguém vai notar... Pense nisto!É por isso que estamos nessa situação, onde todos por comodismo esperam pelos outros!Não espere pelo leite dos outros para encher o lago da vida, participe com sua parte!

Livro "O Segredo"

Para quem faz cursos comigo eu já dei cópia do filme, mas já está a venda na FNAC o livro traduzido em portugues de Portugal. Lembro a todos que no livro falta um detalhe muiiiito importante, que é a ACÇÃO. Pensar positivo está correctíssimo, porém a seguir temos que AGIR. Não pense que é mágica! Tudo que pensamos, sentimos e agimos.

O Segredo é neste momento – e de longe – o livro de não ficção mais vendido em todo o mundo. Só nos Estados Unidos vendeu mais de 3,5 milhões de exemplares e ocupa o primeiro lugar dos principais tops de vendas, onde o respectivo audiobook também figura em destaque.
A autora, Rhonda Byrne, descobriu que a maioria das pessoas que têm ou tiveram sucesso conheciam um Grande Segredo, e dá exemplos que vão desde Einstein a Galileu Galilei. A partir dessa descoberta, ela foi procurar pessoas que actualmente conhecessem o Segredo e vivessem de acordo com ele (como, por exemplo, o autor de Conversas com Deus ou o autor de Os Homens São de Marte as Mulheres São de Vénus). Falou com elas, entrevistou-as, e através do testemunho delas vai explicando no livro a “lei da atracção”: nós atraímos aquilo que queremos atrair e, se queremos atrair o sucesso, conseguimos atrair o sucesso.

Na origem do livro está um documentário feito para a televisão australiana que se tornou num sucesso global – é, presentemente, o DVD mais vendido em todo mundo, e mesmo em Portugal há sessões regulares de exibição e documentário. Ou seja, um fenómeno de culto.

Nos últimos dois meses O Segredo tem ocupado o primeiro lugar no top de livros da Amazon americana (entre os títulos de não ficção), enquanto o audiobook figura sempre entre os dez primeiros lugares.

O Segredo está no primeiro lugar do top da Publishers Weekly na categoria de não ficção.

O Segredo esteve ou está nos primeiros lugares dos tops do New York Times, USA TODAY

sexta-feira, 31 de agosto de 2007

Empatia entre alunos

CALÇAS MOLHADAS
Venha comigo a uma sala de aula do terceiro ano...
Há um menino de nove anos sentado na sua carteira e de repente há uma poça entre seus pés, e a parte dianteira das suas calças está
molhada.
Pensa que o seu coração vai parar porque não pode imaginar como isso aconteceu. Nunca tinha acontecido antes, e sabe que quando os
meninos descobrirem nunca mais o deixarão em paz. Quando as meninas descobrirem, nunca mais falarão com ele enquanto viver.
O menino acredita que o seu coração vai parar; baixa a cabeça e reza esta oração:
"Querido Deus, isto é uma emergência! Eu necessito de ajuda agora! Mais cinco minutos e serei um menino morto".
Levanta os olhos de sua oração e vê a professora a chegar com um olhar que diz que foi descoberto.
Enquanto a professora está a andar até ele, uma colega chamada Susie está a carregar um aquário cheio de água. Susie tropeça na
frente da professora e despeja inexplicavelmente a água no colo do menino.
O menino finge estar irritado, mas ao mesmo tempo interiormente diz "Obrigado, Senhor! Obrigado, Senhor!"
De repente, em vez de ser objecto de ridículo, o menino é objecto de compaixão.
A professora desce apressadamente com ele e dá-lhe uns calções de ginástica para vestir enquanto as suas calças secam.
Todas as outras crianças estão sobre as suas mãos e joelhos , limpando ao redor da sua carteira.
A compaixão é maravilhosa. Mas como tudo na vida, o ridículo que deveria ter sido dele foi transferido para outra pessoa - Susie.
Ela tenta ajudar, mas dizem-lhe para sair.
"Já fizeste demais, sua grosseira!"
No fim do dia, enquanto estão à espera do transporte, o menino caminha até Susie e sussurra-lhe , "fizeste aquilo de propósito, não foi?"
E Susie sussurra-lhe, "eu também molhei as minhas calças uma vez".