Links Patrocinados

domingo, 23 de abril de 2006

Um trabalho a duas mãos

http://www.lixdesign.com/4_portfolio/anima/anima_maos.htm

terça-feira, 18 de abril de 2006

Um lugar de PAZ!!!

Budismo pode substituir Prozac em alguns casos

Depois do Prozac, O BUDISMO. Agence France-Presse (AFP) http://www.afp.com/portugues/home CAMBRIDGE, EUA, 16 set (AFP) -

Uma dose diária de meditação budista pode ser a alternativa para os que sofrem de angústia e recorrem a remédios como o Prozac, segundo recomendações de especialistas em budismo reunidos em Cambridge (Massachussets, a nordeste), com a presença do Dalai Lama. (Uiiii....Na próxima semana estarei a receber grandes ensinamentos do mestre. Com certeza tenho muito a aprender com a SS e depois ensinar a quem quiser aprender.)

"Não é inconcebível que, dentro de 20 anos, as autoridades americanas de saúde recomendem 60 minutos de exercício mental cinco vezes por semana", destacou o biólogo Eric Lander, membro do Projeto Genoma Humano, durante conferência celebrada no fim-de-semana no Massachussets Institute of Technology (MIT).

Previsão semelhante feita por um homem da posição de Lander em um meio como o conceituado MIT é sinal da crescente fascinação da ciência moderna com o budismo e especialmente com os extraordinários resultados de pesquisas sobre a ginástica mental dos monges budistas.

Alguns dos estudos apresentados na conferência apontam não só a uma capacidade de atenção que seria de dar inveja a um controlador de tráfego aéreo, mas também a técnicas de meditação em condições de reconectar os caminhos neurais do cérebro.

Na era do Prozac, as aplicações possíveis da meditação poderiam deixar as pílulas que ajudam a mudar o humor na caixa de primeiros-socorros.

O neurocientista Richard Davidson, da Universidade de Harvard, apresentou imagens da actividade cerebral de um monge capaz de elevar os níveis de actividade do córtex pré-frontal esquerdo - uma parte do cérebro associado às emoções positivas -, usando uma técnica conhecida como meditação compassiva.

Em um nível diferente de estado de meditação, o mesmo monge conseguiu fazer algo que até agora era considerado impossível: suprimir o reflexo involuntário a um ruído forte e repentino, como o disparo de uma arma de fogo.

Paul Ekman, uma das maiores autoridades mundiais no estudo das emoções, descreveu o nível de controle mental do monge como "uma proeza espectacular".

"Nunca encontramos ninguém que pudesse fazer isso", disse Ekman.

"Não temos ideia da anatomia que permite a ele suprimir esse reflexo", continuou.

Outro estudo mostrou meditadores avançados capazes de conseguir velocidades cognitivas surpreendentes, identificando correctamente as mudanças de humor em uma série de expressões faciais exibidas em fracções de segundo em uma tela de TV.

Alan Wallace, ex-monge e actual presidente do Instituto de Estudos Interdisciplinares da Consciência em Santa Bárbara (Califórnia, a oeste), sustenta que as práticas budistas destinadas a elevar o equilíbrio emocional e cognitivo poderiam ser poderosas ferramentas, não só para o tratamento da depressão e das doenças mentais.

"Não vejo razão pela qual estas técnicas não possam ser introduzidas no sistema escolar", disse Wallace.

"As pessoas se sairão melhor na educação e em uma variedade de profissões porque serão mais felizes, mais equilibradas e mais receptivas", continuou.

"É uma situação na qual só se pode ganhar. Não contar com ela no sistema educacional é um desastre", concluiu.

PROCURA DE ACTORES para curta metragem

PROCURA DE ACTORES

para curta metragem de ficção

A curta-metragem de ficção “Não importa onde” produzida pela produtora RAIVA e realizada por Luís Miguel Correia está neste momento a proceder a castings de actores para a sua equipa artística.

A curta-metragem acima mencionada tem o apoio financeiro do ICAM e a sua rodagem está agendada para o mês de Julho de 2006.

Procuramos actores que se enquadrem nas seguintes características:

Homens entre os 22 e os 28 anos e

Mulheres entre os 22 e os 28 anos

Gostaríamos então de o convidar a enviar fotografias (1 foto de rosto, 1 foto de corpo inteiro – devem retratar o mais naturalmente possível o actor, devendo ser uma delas, se possível, de cena), currículo ou nota biográfica e contacto.

Este material deve ser enviado para:

Susana Nobre

Avenida General Roçadas, 165, 4º Esq.

1170-159 Lisboa

Ou para o e-mail:

zuzu@fcsh.unl.pt

Obrigada desde já pela atenção.

Esperamos poder contar com a sua colaboração.

Com os melhores cumprimentos,

Susana Nobre

(Dir. Produção)

Família de acolhimento estudantes estrangeiros

http://www.intercultura-afs.pt/afsacolhimento.htm

sábado, 15 de abril de 2006

Preocupação com o Boom Sexual na Alemanha no Campeonato

Assinem: http://www.catwepetition.ouvaton.org/php/index.php
COMPRAR SEXO NÃO É UM DESPORTO NÃO À PROSTITUIÇÃO DAS MULHERES DURANTE O CAMPEONATO DO MUNDO DE FUTEBOL EM 2006.
De 9 de Junho a 9 de Julho de 2006, 12 cidades alemãs acolhem o Campeonato do Mundo de Futebol. São esperados cerca de 3 milhões de espectadores, na sua maioria homens e estima-se em 40 000 o número de mulheres «importadas» da Europa Central e da Europa de Leste para «servir sexualmente» os milhões de espectadores do sexo masculino. A Alemanha legalizou o proxenetismo e a indústria do sexo em 2002, contudo as zonas reservadas àquelas práticas não têm capacidade para os milhares de turistas desportivos/sexuais esperados. Prevendo este afluxo, a indústria do sexo alemã erigiu um gigantesco complexo para a prática da prostituição prevendo o «boom comercial» durante o Campeonato do Mundo. «O futebol e o sexo estão como que lado a lado» declarou o advogado do novo mega-bordel de 3000 m2, estrutura que pode acolher 650 clientes, construídas ao lado do principal estádio do Campeonato do Mundo, em Berlim. Em zonas fechadas do tamanho de um estádio de futebol foram construídas «cabanas do sexo» semelhantes a casas de banho designadas «cabines de serviços». Capas e estacionamento privativo são algumas das possibilidades oferecidas para proteger o «anonimato» dos clientes. Nós, pessoas individuais e organizações preocupadas declaramos que : • Comprar sexo não é um desporto. É uma forma de exploração sexual física e sobre as mulheres, que considera o seu corpo como uma mercadoria que pode ser comprada e vendida. • Tratar o corpo das mulheres como uma mercadoria viola as regras internacionais do desporto, as quais promovem a igualdade, o respeito mútuo e a não discriminação. O presidente da FIFA J.F. Blatter reconhece «o importante papel do desporto, nomeadamente enquanto portador de mensagens claras contra os flagelos que corroem a sociedade a nível mundial». Como pode o Campeonato do Mundo do Futebol contribuir para erradicar o flagelo do tráfico e da exploração sexual? • Os homens decentes não compram sexo porque respeitam a dignidade e integridade do ser humano. • Não à organização da prostituição durante o Campeonato do Mundo de Futebol. Nós, pessoas individuais e organizações preocupadas exigimos que : • Os 32 países que participam no Campeonato do Mundo de Futebol que ratificaram as Convenções e/ou Protocolos contra a prostituição e o tráfico se oponham à promoção da prostituição pela Alemanha e dissociam publicamente a sua equipa da indústria da prostituição. • Os membros das equipas de futebol declarem publicamente a sua oposição à exploração sexual das mulheres. • O Comité da FIFA e o seu Presidente, no cumprimento dos seus deveres de responsabilidade social, se oponham à relação estabelecida entre futebol e comércio do sexo. Nós pedimos que protestem contra a exploração sexual das mulheres, junto do governo alemão e da Chanceler Angela Merkel e junto da Federação Alemã de Futebol e do seu Presidente Gerhard Mayer-Vorfelder. • O governo alemão e a Chanceler Angela Merkel, e a Federação Alemã de Futebol e o seu Presidente Gerhard Mayer-Vorfelder impeçam o tráfico de mulheres para a prostituição, desencorajando a procura que a favorece. • .As pessoas individuais e as organizações que têm preocupações neste domínio se associem a esta acção assinando esta declaração de protesto contra a promoção pública do tráfico e da prostituição das mulheres. (Tradução do francês de APMD)

CURSOS DE VERÃO NAS UNIVERSIDADES DO NORTE DE PORTUGAL

Dra. Eugênia Pacheco da AURN (Associação das Universidades da Região Norte de Portugal) irá prestar esclarecimentos e promover os Cursos de Verão que se realizarão na 1a. quinzena de julho nas Universidades do Porto, Católica do Porto, Aveiro, Minho e Trás-os-Montes. Os interessados em participar desses excelentes cursos, nos quais terão oportunidade de contactar e conhecer belas terras portuguesas, poderão obter maiores esclarecimentos no "site": www.cursosdeverao.aurn.pt

Alguns dos cursos programados são:

Arquiteturas e Patrimônios Urbanos: Porto e Noroeste de Portugal;

Enoturismo: Os Vinhos do Douro e do Porto;

União Européia: Integração Continental e Relações Internacionais;

Desenvolvimento Sustentável: Estratégias para o Século XXI;

Patrimônio Histórico e Artístico do Norte de Portugal

sexta-feira, 14 de abril de 2006

As músicas do Mundo - Eu estarei lá e vos convido

CONVITE a todas as pessoas que eu conheço e que fazem parte desta minha existência terrena, mesmo que já tenham entrado no comboio e saíram...voltaram ou não a entrar no comboio da minha vida. Esta é uma oportunidade de re-encontrar todos vocês.

Eu estarei lá e gostaria mesmo de encontrar vocês todos. Um grupão com muita energia positiva!

Se quiserem podemos pensar em marcar um almoço a seguir.

No próximo dia 21 de Maio de 2006, entre as 10.00 e as 13.00, realiza-se na Casa da Música um workshop intitulado “As músicas do mundo” destinado a imigrantes residentes em Portugal.

O referido workshop será orientado por Paul Griffiths, guitarrista e docente do Departamento de Desenvolvimento Profissional da Guildhall School of Music and Drama de Londres.

O custo do mesmo workshop é de 1 euro por pessoa.
As inscrições poderão ser feitas através dos seguintes contactos:
dei@casadamusica.com
220 120 292
Depois de efectuada a reserva, os bilhetes devem ser levantados com, pelo menos, 48 horas de antecedência. Caso contrário, as reservas ficam sem efeito e os bilhetes serão novamente colocados à venda.

Esperando a melhor colaboração da V. parte no que respeita à divulgação deste evento, subscrevemo-nos com os melhores cumprimentos.
Anabela Leite
Direcção de Educação e Investigação
Casa da Música
Avenida da Boavista 604-610
4099-038 Porto
tel : 351 220 120 266
fax : 351 220 120 298
e-mail : aleite@casadamusica.com

quinta-feira, 13 de abril de 2006

Exemplo a seguir

No entanto, da Itália chega-nos um exemplo invulgar de dignidade e de civismo dado por um jogador italiano do futebol profissional. O caso sucedeu no p.p. domingo 19 de Março, no decorrer de um jogo do campeonato italiano. O jogador Di Rossi marcou com a mão um golo na baliza da equipa adversária. De imediato, o árbitro validou o golo por não se ter apercebido da irregularidade. Que fez Rossi? Dirigiu-se ao árbitro a informá-lo do que verdadeiramente sucedera. O árbitro invalidou o golo. O jogo prosseguiu. Um caso raro de honestidade e de ética desportiva. Exemplar! Nossa interrogação: e se isso tivesse acontecido em Portugal? Como reagiria a massa associativa do clube do jogador? Há que enaltecer a atitude de Di Rossi. A merecer reflexão.
Di Rossi fez a demonstração de que igualmente nos nossos campeonatos futebolísticos poderia haver lugar à instauração de um ordenamento cívico. Desde que precedido de uma séria reformulação do sistema de Ensino e Educação. Também no futebol tudo começa pela Educação. Outrossim aqui, neste domínio desportivo, uma escola de civismo? Seria, se acaso…

quarta-feira, 12 de abril de 2006

Rede Portuguesa de Jovens para a Igualdade de Oportunidades entre Mulheres e Homens

A página do projecto "De Mulher para Mulher" foi actualizada com as mais recentes novidades e actividades.Para mais informações pf consultar: http://demulherparamulher.redejovensigualdade.org.pt/novidades.htmlSaudações paritárias!-- Marta Costa- Rede Portuguesa de Jovens para a Igualdade de Oportunidades entre Mulheres e Homenshttp://www.demulherparamulher.redejovensigualdade.org.pt/Telf: 22 2010250 / 91 7818727Rua Ramalho Ortigão, 14, 1ª sala 24000-407 Porto

Canadá


O Canadá, contudo, não é o vilão.
Canadá: Portugueses indocumentados (Denuncia)
Prezados:Vivo no Canadá desde 1980. O governo deste país, apesar de não ser perfeito, é um dos melhores do mundo. Os direitos humanos aqui são respeitados. O problema ocorrido (e ainda acontecendo) com a expulsão de portugueses indocumentados neste país é mais um problema dos Portugueses do que do Canadá.Permitam-me explicar: Nos últimos 10 anos o governo canadiano sustenta uma organizaçãoportuguesa, denominada Congresso Nacional Luso-Canadiano (
http://www.congresso.ca/ ). Essa organização recebe, creio, uns 300,000 (trezentos mil dolares) por ano do governo canadiano e mais uma outra quantia dediversas organizações, inclusive bancos portugueses. O objectivo dessaorganização que diz representar 400,000 portugueses no Canadá é de servir a comunidade. Ao meu ver esse serviço inclui informar quais os passos legaispara se fazer aplicação para entrar no Canadá - Ou se já dentro do país, quais os passos para se estabelecer a legalidade. Veja na página dessa organização o que é que realmente estão a fazer... O que eles não dizem na página, por exemplo, é que o dinheiro que recebem é usado para organizar viagens para os representantes do Congresso, de um lado do país para o outro. Eles não dizem, por exemplo, que usam o dinheiro para promover a homosexualidade dentro da comunidade portuguesa no Canadá. Nada disso dizem mas há a aparência de que éisto que estão fazendo. Agora, quando o sino está tocando é um pouco tarde pra trocar de roupa e ir àmissa... Agora, sete anos vivendo indocumentado no Canadá e quando a deportação é iniciada, todos reclamam. O Congresso e seus asseclas organizam demonstrações contra o governo canadiano, quando ELES deveriam ter sido pro-activos e informado ao povo o que deveria ser feito. Gente trabalhadora, por exemplo, que tem assegurado emprego no país, poderia ter saído do Canadá e feito aplicação legalmente, de fóra do país. O Canadá PRECISA de imigrantes - de gente trabalhadora. O que o Canadá não pode é desconsiderar a lei que fazque esse país seja organizado como - graças a Deus - é. Os portugueses feriram aos próprios portugueses. O Congresso feriu-os por omissão, apesar de ter os fundos e a responsabilidade de serví-los. Os outros,feriram por vender aconselhamento falso ao trabalhador simples e desinformado.No final, o trabalhador é quem foi vítima. O Canadá, contudo, não é o vilão. Voz Luzitana / Canadá

A Vida - Henfil

A VIDA (Henfil)

Por muito tempo eu pensei que a minha vida fosse se tornar uma vida de
verdade. Mas sempre havia um obstáculo no caminho, algo a ser ultrapassado
antes de começar a viver, um trabalho não terminado, uma conta a ser paga.
Aí sim, a vida de verdade começaria.

Por fim, cheguei a conclusão de que esses obstáculos eram a minha vida de
verdade. Essa perspectiva tem me ajudado a ver que não existe um caminho
para a felicidade. A felicidade é o caminho! Assim, aproveite todos os
momentos que você tem. E aproveite-os mais se você tem alguém especial
para compartilhar, especial o suficiente para passar seu tempo.

E lembre-se que o tempo não espera ninguém. Portanto, pare de esperar até
que você termine a faculdade;
... até que você volte para a faculdade;
... até que você perca 5 quilos;
... até que você ganhe 5 quilos;
... até que você tenha tido filhos;
... até que seus filhos tenham saído de casa;
...até que você se case;
... até que você se divorcie;
... até sexta à noite;
... até segunda de manhã;
... até que você tenha comprado um carro ou uma casa nova;
... até que seu carro ou sua casa tenham sido pagos;
...até o próximo verão, outono, inverno;
... até que você esteja aposentado;
... até que a sua música toque;
... até que você tenha terminado seu drink;
... até que você esteja sóbrio de novo;
... até que você morra...
E decida que não há hora melhor para ser feliz do que AGORA MESMO...
Lembre-se:"Felicidade é uma viagem, não um destino".


"Quem tem um porquê viver, encontrará, quase sempre o como."
(Nietzche)

Fadista Ana Marina

Faça uma pausa HOJE À NOITE - e ouça este fado desta consagrada fadista ANA MARINA - DIVULGUE POR FAVOR - E UM OBRIGADO DE DANIEL CRISTAL
http://www.saladepoetas.eti.br/fado/fado.htm

Stress -

Procuro compreender o lúdico e criativo, mas avalio que esta não é a melhor forma de se libertar o stress, mas divirtam-se se gostarem...
http://www.counterfeitmini.com/main.swf

quarta-feira, 5 de abril de 2006

Formação de Aperfeiçoamento em Igualdade de Oportunidades

A ANJAF – Associação Nacional de Jovens para a Acção Familiar, enquanto entidade formadora acreditada pelo IQF – Instituto para a Qualidade na Formação desde 18/01/2005, nos domínios da organização, promoção, desenvolvimento e execução de intervenções ou actividades formativas e outras formas de intervenção sócio-cultural ou pedagógica, preparatórias ou complementares da actividade formativa encontra-se a organizar Acções de Formação (financiadas) em Igualdade de Oportunidades entre Homens e Mulheres, mais concretamente, Formação Inicial em Igualdade de Oportunidades – 90 horas e Formação de Aperfeiçoamento em Igualdade de Oportunidades – 60 horas (Revalidação do CAP). A primeira acção formativa terá início, em princípio, no dia 10 de Maio e a segunda acção, embora ainda não tenha uma data de início definida, pensamos que possa iniciar em meados de Maio.
Estas acções de formação têm por objectivo renovar e consolidar os conhecimentos necessários dos seus destinatários, para abordar e desenvolver a temática Igualdade de Oportunidades e Conciliação entre a Vida Familiar e a Vida Profissional, na sua actividade formativa.
Os destinatários das acções são todos os indivíduos com Certificado de Aptidão Profissional (CAP), Bacharéis e Licenciados, sem/com experiência comprovada nesta área, que queiram aperfeiçoar e actualizar as competências no domínio da Igualdade de Oportunidades e da Conciliação entre a Vida Familiar e a Vida Profissional.
De momento ainda não é possível dizermos quem serão os/as formadores/as uma vez que o processo de selecção se encontra a decorrer.
Dado que o número de participantes, por turma, se limita a 12 pessoas, solicitamos a inscrição, que é gratuita mas obrigatória, até dia 5 de Maio.
Em anexo, enviamos a ficha de inscrição, bem como alguns pormenores adicionais acerca das acções supracitadas.
Se pretender esclarecimentos adicionais, por favor, não hesite em contactar para:
Marta Cirne ou Marco Sousa
ANJAF – Delegação Norte
Rua das Escolas, s/n
4445-109 Alfena
Email: anjafdnorte@yahoo.com ou d.norte@anjaf.pt
Tel.: 22 968 96 83 Telm.: 96 693 25 33 Fax: 22 969 93 19

domingo, 2 de abril de 2006

Compromisso com a Ciência para o futuro de Portugal

Compromisso com a Ciência para o futuro de Portugal

O Primeiro-Ministro apresentou sete novas medidas para um compromisso com a Ciência no debate mensal na Assembleia da República, em 29 de Março. São elas:

1- reforçar em 250 milhões de euros o investimento público em Ciência e Tecnologia no Orçamento de 2007;

2- promover a reforma progressiva do sistema científico e universitário;

3- aumentar em 60% as bolsas de doutoramento e de pós-doutoramento, em 2006;

4- criar 5000 novas bolsas de integração de estudantes em centros de investigação, em 2006-2007;

5- viabilizar a contratação de 500 novos investigadores doutorados até final de 2007;

6- apoiar financeiramente o registo internacional de patentes;

7- estimular o investimento das empresas em Investigação e Desenvolvimento (aquelas em que o Estado é accionista darão o exemplo);

- e reforçar o Programa Ciência Viva junto das escolas e das famílias.

O colhedor de risos: uma história para pais

Rita Foelker
(Este conto pode ser utilizado com objetivo de motivar pais a trazerem as crianças para as aulas.)
Há muitos e muitos anos, viveu na Terra um homem que fazia rir.
Entre tantos ofícios considerados úteis e produtivos, como o de lenheiro, ferreiro ou alfaiate, surgiu este homem que escolheu a estranha profissão.
Ninguém sabia o seu segredo. Seria a terna expressão do seu olhar, os gestos amplos como grandes abraços, as piruetas ou a roupa colorida? Suspeitava-se até que ele derramasse algum pó na água dos vilarejos, ou que fosse mesmo uma espécie de mago. Mas quando ele aparecia numa casa ou praça, risos eram ouvidos.
As crianças se aproximavam, sempre. Os velhos o amavam. Ninguém ficava indiferente.
Era voz corrente que as pessoas que aprendiam a rir brigavam menos, queixavam-se menos, tinham mais amigos e suas tarefas rendiam muito mais.
Quando este homem teve um filho, todos se perguntaram: "de que eles vão viver? Se, pelo menos, trabalhasse a sério..."
Mas ninguém levava mais a sério seu trabalho do que ele. Com sua esposa e filho, prosseguia sua jornada e nada lhes faltava.
Desde que seu filho se conheceu como gente, observou seu pai. Foi crescendo e aprendendo que o trigo vinha da terra, a água vinha da fonte. De onde vinham os risos? Os olhos do menino seguiam-no atentamente, querendo descobrir...
Ao seguir os passos do pai, o menino encontrou sua vocação: ia ser um colhedor de risos. Colheria risos nobres e populares, alemães, italianos e espanhóis. Afinal, viu que o riso é bom pra quem ri e pra quem faz rir, assim como o trigo ou a água. Semeado com bondade, brota espontâneo e nutre a emoção.
Um dia ele confessou seu sonho ao pai, que lhe disse:
- Como o camponês que conhece sua gleba, é preciso conhecer o coração das pessoas. Vou levar-te comigo e tu mesmo verás.
Tomando o filho pelas mãos, andaram por muitos lugares. Quanto mais conhecia os corações das pessoas, mais via quanto haviam penado e chorado e quanto precisavam urgentemente de uma boa palhaçada. Quanto mais conhecia os corações das pessoas, mais amava vê-las alegres. A alegria era o curativo das feridas da alma e o elixir renovador da esperança.
E assim ele também deu ao seu pai a maior das alegrias quando, já bem idoso, sentava-se para ver seu filho a colher risos e gargalhadas de ricos e pobres, nos teatros e descampados.
O filho que segue os passos dos pais sempre pode ir mais longe, porque começou mais cedo e aprendeu, desde logo, o que os pais levaram anos para saber. Por isso, se tens um ensinamento ou um hábito que te faz bem, oferece-o aos teus pequeninos como dádiva imortal.

sábado, 1 de abril de 2006

Dia da Mentira

Dia da Mentira
Há muitas explicações para o 1º de Abril ter se transformado no Dia da Mentira. Uma delas diz que a brincadeira surgiu na França. No começo do século 16, o Ano Novo era festejado em 25 de Março, data que marcava a chegada da primavera. As festas duravam uma semana e terminavam no dia 1º de Abril.

Em 1564, depois da adopção do calendário gregoriano, o rei Carlos IX determinou que o Ano Novo seria comemorado no dia 1º de Janeiro. Alguns franceses resistiram à mudança e quiseram manter a tradição. Só que os gozadores passaram a ridicularizar os conservadores, enviando presentes esquisitos e convites para festas que não existiam.

É costume nesta data as pessoas pregarem "peças" umas nas outras. Meios de comunicação costumam transmitir notícias falsas como se fossem verdadeiras.

Na wikipédia explica que a brincadeira surgiu na França. Desde o começo do século XVI, o Ano Novo era festejado no dia 25 de Março, data que marcava a chegada da primavera. As festas duravam uma semana e terminavam no dia 1 de Abril.

Em 1564, depois da adopção do calendário gregoriano, o rei Carlos IX de França determinou que o ano novo seria comemorado no dia 1 de Janeiro. Alguns franceses resistiram à mudança e continuaram a seguir o calendário antigo, pelo qual o ano iniciaria em 1 de Abril. Gozadores passaram então a ridicularizá-los, a enviar presentes esquisitos e convites para festas que não existiam. Essas brincadeiras ficaram conhecidas como plaisanteries.

Em países de língua inglesa o dia da mentira costuma ser conhecido como April Fool's Day ou Dia dos Tolos, na Itália e na França ele é chamado respectivamente pesce d'aprile e poisson d'avril, o que significa literalmente "peixe de Abril".


Pinóquio
Criado pelo escritor italiano Carlo Collodi, Pinóquio é um boneco de madeira que quer se transformar num menino de verdade. O livro foi editado pela primeira vez em 1883, na Itália. A particularidade do boneco é que seu nariz cresce cada vez que conta uma mentira. A história de Collodi virou filme de Walt Disney em 1940.

Barão de Munchausen
O alemão Karl Friederich Hieronymus, mais conhecido como barão de Munchausen, viveu entre 1720 e 1797. Ele lutou contra os turcos de 1740 a 1741, e, quando voltou da guerra, passou a relatar suas aventuras aos amigos. As histórias extraordinárias do barão foram lançadas em livro pela primeira vez em 1785, na Inglaterra. Ele conta como venceu um exército inteiro fantasiado de galinha, como conseguiu sair de um poço muito fundo puxando os próprios cabelos, como cavalgou em uma bala de canhão e como ficou pendurado com seu cavalo na torre de uma igreja e subiu até a Lua escalando uma corda. O barão de Munchausen virou personagem de cinema em 1943 e 1988.

Pedro Malasartes
Pedro Malasartes é um tipo caipira que defende os humildes desde a Idade Média. As histórias do mito, cheias de artimanhas e astúcias, já foram criadas em países da Europa e no Brasil. Pedro Malasartes foi interpretado no cinema pelo actor Amácio Mazzaropi, em 1960.Muitas organizações de média propagaram inconscientemente ou deliberadamente peças no Dia da Mentira. Mesmo agências de notícias sérias consideram o Dia da Mentira uma brincadeira normal, e uma tradição anual.

O advento da Internet como um meio de comunicação mundial serviu para facilitar os traquinas no seu trabalho.

Peças do Dia da Mentira que ficaram famosas

  • Kremvax: uma das primeiras peças pregadas na Internet no Dia da Mentira.
  • Ilha de San Serriffe: O jornal britânico The Guardian publicou um suplemento em que mencionava esta ilha ficcional. O nome da ilha vem de "sans-serif", uma família de tipos tipográficos.
  • Plantação de esparguete: O canal de televisão BBC no programa Panorama apresentou em 1957 uma reportagem falsa sobre árvores de esparguete. Muitas pessoas interessaram-se em plantar árvores de esparguete em suas propriedades.

http://www.museumofhoaxes.com/hoax/aprilfool/