Links Patrocinados

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Natal - Pedro Valdoy

Natal
Pedro Valdoy

Passeio pelo tempo

com meus passos lentos

no deserto da ilusão

e perdi-me na humanidade

Senti o arrefecimento

dos dias

a frieza da humanidade

enquanto o gelo rodeava meu corpo

Ouvi ao longe

o triste toque dos sinos

e disseram-me que era Natal

mas minha alma estava gelada

com tanta miséria

tanta ingratidão

com crianças a chorarem

sem carinho

Meu Deus onde estás?

com este maldito país

com sacos de corrupção

carros luxuosos

Valerá a pena

celebrar o Natal

com os pobres a arrastarem-se

cobertos de fome?

Não não posso

assim não quero o Natal

Ouço o choro de

crianças com roupitas rotas

Natais destes

digo não não e não

e meto-me na cama

e adormecerei para outro Natal.

Sem comentários:

Publicar um comentário